Ford Ka 2020
Municípios Varejo Digital

Em Toledo, iniciativa vai preparar empresas do varejo para o e-commerce

Programa Varejo Digital vai abordar desde a exposição até a precificação dos produtos e serviços no mercado online (Foto: Divulgação)

Somente no primeiro semestre de 2018, o comércio eletrônico faturou mais de R$ 23 milhões, o que representa alta de 12,1% em relação ao mesmo período de 2017. Os números são do relatório da Webshoppes, do Ebit/Nielsen, que também apresentou que o tíquete médio do brasileiro que compra online é de R$ 433,00.  Diante crescimento do mercado online, o Sebrae/PR e a Fecomércio PR criaram o Programa Varejo Digital. Na região oeste do Paraná, a primeira turma será realizada em Toledo. A programação que começa no final deste mês de abril é composta por quatro workshops e engloba os principais passos para que o empreendedor consiga apresentar os seus produtos e/ou serviços na rede. Uma forma de aumentar a competitividade e desenvolver negócios do comércio varejista.

“Junto ao Sindicato Varejista de Toledo (Sinvar), percebemos que o empresário da região vendia muito online, mas quando ia fechar as contas, acabavam no prejuízo. Isso ocorria por vários motivos, entre eles o desconhecimento de diferentes tributações e alíquotas, por exemplo. Por isso, desenvolvemos o Varejo Digital, que atenderá essa demanda, preparando os micro e pequenos empreendedores para realmente avançarem no e-commerce”, pontua o assessor da presidência da Fecomércio PR, Paikan Salomon de Mello e Silva.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

A metodologia envolve conteúdos sobre plataformas digitais; foto, filmagem e exposição dos produtos na web; precificação de produtos e responsabilidades e, por fim, marketing e promoção digital. “Planejamos o Programa para que seja dinâmico e próximo da realidade local, oportunizando ao participante a possibilidade de aplicar na prática os conteúdos. Queremos que os empresários sejam preparados para expor os seus produtos e/ou serviços na internet, mergulhando numa nova possibilidade para desenvolver negócios, enfatiza a consultora do Sebrae/PR, Débora Dias.

Ainda de acordo com o relatório Webshoppers, o mercado do comércio eletrônico no Brasil está crescendo consideravelmente. A estimativa é que, até 2020, pelo menos 50% das compras feitas pelos brasileiros sejam feitas via online, por meio de dispositivos móveis. Os segmentos mais procurados, em termos de volume de pedidos, pelo consumidor online brasileiro, são: saúde, cosmético e perfumaria (15%), moda e acessórios (14,5) e casa e decoração (10,9%).

Em Toledo, a empresária Cleo Carneiro percebeu a rápida ascensão do mercado online. Há 16 anos na área varejista, ela decidiu que 2019 seria um ano de mudanças nos negócios e, por isso, decidiu investir em capacitações que possam ajudá-la a se preparar para os desafios do novo nicho de atuação.

“Enquanto eu tinha as lojas físicas, fui percebendo a necessidade de inovar e optei pelo mercado online, onde a venda é rápida e precisa. Para poder trabalhar com essa área, no entanto, eu preciso me atualizar e entender melhor o nicho. Com os workshops do Varejo Digital, eu espero crescer, pois a programação é oportuna para quem deseja investir no digital”, conta a empresária.

O Varejo Digital será realizado nos dias 25 e 26 de abril pela Fecomércio PR e Sebrae/PR, em parceria com o Sindicato Varejista de Toledo (Sinvar), Sesc, Senac e Câmara da Mulher Empreendedora. Para fazer a inscrição, basta entrar em contato com o escritório do Sebrae/PR, em Toledo, pelo telefone (45) 3277-4200.

 

Com assessoria 

TOPO