Copagril
Municípios Viabilidade do plantio

Embrapa realiza seminário na Unioeste sobre Eucaliptos

Foto: Andréa Pasquetti

O Programa de Pós-Graduação de Mestrado e Doutorado em Energia na Agricultura da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná) recebeu hoje (23) o Seminário da Embrapa sobre “A viabilidade do plantio de eucalipto na região Oeste do Paraná”, que é do Projeto Bioeste Florestas, uma iniciativa da Embrapa, em parceria com a Itaipu e a Cibiogas. Foi realizado durante a manhã dessa quarta-feira, no Auditório do Campus de Cascavel.

“Um aluno nosso está no projeto Embrapa Florestas e viabilizou trazer esse seminário pra nós. Vemos a importância dentro do programa, principalmente por biomassa e biocombustíveis estarem dentro das nossas linhas de pesquisa, e a floresta energética, como fonte de bioenergia pode ser utilizada para a geração de calor e energia elétrica, agregando às pesquisas do mestrado e doutorado”, conta o coordenador do Programa de Pós-Graduação, professor Samuel Nelson de Souza.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

O coordenador do Projeto Bioeste Florestas, João B. V. Gomes, explica que “a região Oeste do Paraná é rica em produção de grãos e proteína animal, mas essas cadeias produtivas precisam de biomassa para gerar energia, de madeiras de plantio florestal para aquecer fornos e caldeiras, secagem de grãos, cama aviária, entre outros”.

Assim, a iniciativa do projeto traz esse seminário a fim de elucidar a parte de planejamento do plantio do eucalipto, como viabilizar que a própria região possa se sustentar, como produzir, cuidar, e o primordial: realmente gerar biomassa com o plantio executado.

“Quando temos cadeias em terras bastante férteis como as daqui, como, de forma plausível, tirar espaço do plantio de grãos e produção animal, para o plantio de floresta para geração de energia? O frete para trazer essa biomassa é inviável, então buscamos otimizar a produção dessa madeira”, finaliza João.

Durante essa manhã, o Seminário contará com palestras sobre o mercado, terras, clima, além de momentos para debates e discussões abertas sobre a biomassa. A Embrapa ainda realizará esse mesmo seminário em outras cidades dessa região do Paraná, assim como já foi feito em outras cidades regionais, como Dois Vizinhos.

Com assessoria

TOPO