Copagril
Municípios Reflexões

Evento discute educação inclusiva em Toledo

Foto: Assessoria

Aconteceu na quinta e sexta-feira (03 e 04), a quinta edição do Seminário em Prol da Educação Inclusiva e a sétima edição da Semana de Inclusão UTFPR. A proposta foi denominada de “Reflexões sobre a Avaliação”, cujo evento foi promovido pelo Programa Institucional de Ações Relativas às Pessoas com Necessidades Especiais (PEE/ Unioeste Toledo), pelo Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Especiais (NAPNE/ UTFPR Toledo) e pela Secretaria Municipal de Educação (SMED).

Nesses dois dias buscou-se contemplar discussões acerca da avaliação do processo de ensino/aprendizagem: como, quando, porque e quais as estratégias adequadas; permitindo ampliar o conhecimento dos professores e demais profissionais da área para atuar com o público alva da  educação especial.

O evento foi organizado com diversas atividades, contemplando palestras, apresentação de trabalhos, mesa redonda, atividades culturais, apresentações de paineis e relatos de experiências. As dinâmicas tiveram a pretensão de resgatar o trabalho desenvolvido nos últimos anos dos eventos de 2012, 2013, 2014 e 2015 foram realizadas na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) campus de Toledo.

 

Avaliação

A coordenadora de Psicopedagogia da Secretaria de Educação de Toledo, Elenice de Souza, disse que os objetivos foram alcançados. “Tivemos cerca de 200 participantes, incluindo profissionais da educação, tanto do ensino comum, quanto da educação especial de Cascavel, Marechal Cândido Rondon, Foz do Iguaçu, Assis Chateaubriand, Jesuítas, Pato Bragado, Guaíra, além de Toledo. O evento foi muito positivo. As pessoas demonstraram um envolvimento muito grande com os temas apresentados nesses dois dias. O seminário conseguiu abordar todas as áreas da educação especial (cegueira, surdez, autismo, altas habilidades/superdotação)”, avaliou.

A psicóloga da Secretaria de Educação de Foz, Gisane Bilhão Albertoni, veio em caravana com outros 12 profissionais à Toledo. Ela garantiu que todos saíram após o evento sabendo um pouco mais sobre inclusão. “Foi um evento prático, vamos aproveitar nas ações que usamos no dia a dia do trabalho. Foram informações que agregam. A qualidade dos palestrantes foi muito boa, os grupos também foram bem legais, gostei muito”, salientou a participante.

Com assessoria

TOPO