Municípios 40 vagas cada

IFPR abre inscrições de quatro cursos técnicos para Quatro Pontes

Secretária de Educação, Cultura e Esportes, Araceli Basso Tauchert: “Todos estão convidados a cursar” (Foto: Vanderleia Kochepka)

 

Estão abertas, desde a última sexta-feira (19), as inscrições para quatro cursos técnicos que serão ofertados gratuitamente pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR) em Quatro Pontes. O convênio de cooperação com a instituição foi assinado em setembro, em Curitiba, validando a implantação dos cursos por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

A inscrição deve ser realizada exclusivamente no site do IFPR, acessando o endereço www.ead.ifpr.edu.br, até 11 de novembro. Antes de iniciá-la, o candidato precisa ter digitalizado e salvo em PDF os documentos pessoais, como CPF, RG/RNE (Registro Nacional de Estrangeiro), além do comprovante de endereço, carteira de reservista (masculino), comprovante da última eleição, histórico escolar, bem como uma foto 3×4. Os candidatos que estão concluindo o Ensino Médio precisam anexar a declaração de matrícula do último ano no lugar do histórico escolar.

Casa do Eletricista – RETOMA

Os cursos ofertados aos quatro-pontenses e pessoas de municípios vizinhos são Administração, Vendas, Segurança do trabalho e Agente comunitário de saúde. Eles foram escolhidos através de enquete feita no site da prefeitura e pesquisa realizada no comércio e indústrias, sendo os mais votados. Cada um conta com 40 vagas, mas 20 é o número mínimo de inscritos para formar turma. Ao município cabe ofertar o local e o instrutor. A duração de todos os cursos é de dois anos.

 

Conquista

A secretária de Educação, Cultura e Esportes, Araceli Basso Tauchert, afirma que é mais uma conquista do Poder Público. “Logo no início do ano, estive no IFPR com o prefeito João e o vice Tiago para obter mais informações sobre cursos técnicos e foi possível firmar uma parceria. Depois disso, houve a fase documental, com aprovação, e assinamos o convênio de cooperação. Então, no próximo ano haverá quatro cursos no município, sem custos para os participantes. Quem precisar de auxílio para fazer a inscrição pode contatar a Jiane, junto à prefeitura, pois ela dará todo suporte necessário. Antes da seleção, os candidatos terão que fazer uma prova. Todos estão convidados a cursar”, destaca.

 

Cursos

O curso técnico em administração tem carga horária de 1.006 horas e o objetivo de promover a qualificação de profissionais para as exigências do mundo do trabalho na função de técnico em Administração, com competências e habilidades desenvolvidas para planejar, organizar e dirigir as atividades de uma organização, seja ela pública, privada ou do terceiro setor, com excelência em uma gestão baseada nos princípios de sustentabilidade e empreendedorismo. Além disso, propõem trabalhar em prol das habilidades comportamentais dos discentes no que se refere à ética e à cidadania aliadas aos conhecimentos específicos do curso, valorizando uma formação cuja base se apoie em valores éticos, humanos e de responsabilidade social, em consonância às exigências e competitividade do mercado.

Já o curso de Agente comunitário de saúde conta com 1.264 horas e tem fundamentos e pressupostos os conhecimentos técnico-científicos, éticos, políticos e educacionais para executar ações de promoção da saúde e prevenção de doenças de indivíduos e de grupos sociais.

O curso em Segurança do trabalho, por sua vez, também soma 1.264 horas, mas tem o intuito de oportunizar as aprendizagens necessárias para a formação de profissionais que atuem em ações prevencionistas nos processos produtivos, com auxílio de métodos e técnicas de identificação, avaliação e medidas de controle de riscos ambientais, de acordo com as normas regulamentadoras e princípios de higiene e saúde do trabalho.

Por fim, o curso de Vendas totaliza 960 horas e tem o propósito de tornar o discente apto a executar atividades laborais na comercialização de produtos e serviços, seja como assalariado ou de forma autônomo, contribuindo também para a formação do mesmo como ético, autônomo, crítico, empreendedor, reflexivo e comprometido com a sustentabilidade, que analise e compreenda a realidade regional onde está inserido e atue na modificação da sociedade, tendo o trabalho como princípio educativo.

 

 

Com assessoria

TOPO