Copagril
Municípios Recapeamento asfáltico

Lideranças de São Roque e São Bernardo ouvem explicações sobre o asfalto

O recape asfáltico da rodovia municipal que liga os distritos rondonenses de Margarida e São Roque está prestes a ser iniciado (Foto: Divulgação)
  • Lideranças de São Roque ouvem explicações sobre o asfalto (Foto: Divulgação)

  • Lideranças de São Roque ouvem explicações sobre o asfalto (Foto: Divulgação)

  • Lideranças de São Roque ouvem explicações sobre o asfalto (Foto: Divulgação)

O recape asfáltico da rodovia municipal que liga os distritos rondonenses de Margarida e São Roque está prestes a ser iniciado. A informação foi dada no final da tarde de quarta-feira (17), na Linha São Bernardo, a um grupo de lideranças e moradores do distrito, pelos secretários municipais de Coordenação e Planejamento, Reinar Seyboth, de Mobilidade Urbana, Coronel Welyngton, e de Gabinete, Valdir Sachser.

O processo de licitação para a execução da obra começou a tramitar em abril deste ano. O projeto para o recape asfáltico, com recursos do próprio município, foi finalizado entre os meses de fevereiro e março, e o contrato com a empresa vencedora da licitação foi assinado em julho. De acordo com o secretário Reinar Seyboth, nesse período houve o aumento de custo de uma das principais matérias-primas que compõe a massa asfáltica. Por esse motivo, a empresa contratada solicitou um reequilíbrio dos valores inicialmente previstos. Além disso, foram feitos ajustes no projeto para aumentar a qualidade do pavimento e garantir a sua durabilidade. “Tudo isso levou a um atraso no início das obras, não sendo possível manter o cronograma inicial”, explicou o secretário.

Casa do Eletricista PISCINAS

Na reunião de quarta-feira (17), na Linha São Bernardo, as lideranças e moradores receberam as explicações, com a notícia de que em no máximo duas semanas os trabalhos serão iniciados, dependendo das condições climáticas. “Percebemos o entendimento e a satisfação da comunidade, ao ouvir as nossas explicações, pois será um recape de qualidade e com grande durabilidade”, concluiu Reinar Seyboth.

 

Com assessoria

TOPO