Municípios Após o ataque

Mulher que levou mais de mil picadas de abelha fala da recuperação e pede ajuda

Diciula das Graças do Nascimento se recupera em casa, e pede ajuda da população (Foto: Divulgação)

Diciula das Graças do Nascimento, que foi vítima de ataque de abelhas, está em casa se recuperando, após quase dez dias internada no Hospital Universitário.

Diciula, que tem 55 anos, foi atacada por um enxame de abelhas na tarde do dia 05 de janeiro, nos fundos da casa onde mora no Jardim Clarito. Ela conta que foi até os fundos do terreno buscar uma abobrinha para o preparo do almoço, quando foi atacada pelo enxame.

Casa do Eletricista – RETOMA

De acordo com ela, o AVC (Acidente Vascular Cerebral) que sofreu recente não permitiu que ela corresse para longe das abelhas. Os insetos picaram a vítima mais de mil vezes no corpo todo, inclusive na boca, olhos e orelhas.

Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, que precisou jogar água na vítima para espantar os insetos. Ela então foi socorrida e levada ao Hospital Universitário, onde permaneceu em coma por cinco dias. “Não desejo nem para um cachorro o que eu passei”, afirma Diciula.

“Fiquei muito feliz que Deus me deu a chance de viver mais um pouco”, afirma ela. Mesmo em casa, Diciula sente dores e ainda tem problemas para falar e respirar, já que sofreu um grande inchaço na garganta.

Ela afirma que não recebeu o salário do mês e pede ajuda da população com frutas, um andador e também uma cadeira de banho. Voluntários podem entrar em contato pelo telefone (45) 9 9815-8728.

 

Com Catve.com 

TOPO