Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Municípios Santa Helena

Presidente da Acisa faz balanço da gestão: “Vamos entregar tudo organizado e planejado”

Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena (Acisa), Leonardo Redin: “Saio contente com a gestão. Lógico que eu gostaria de ter feito mais coisas, de ter feito melhor as campanhas, mas vamos deixar tudo muito bem encaminhado para que a próxima diretoria consiga dar uma sequência satisfatória aos trabalhos” (Foto: O Presente)

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Santa Helena (Acisa), Leonardo Redin, encerra na sexta-feira (31) sua gestão de dois anos à frente da entidade e, em entrevista ao O Presente, faz uma avaliação sobre seu mandato, bem como uma análise do comércio santa-helenense.

Antes de assumir como presidente, em 2018, Redin diz que atuou como tesoureiro da Acisa, cargo que o ajudou a adquirir experiência para chegar ao comando da entidade. Para ele, um dos legados de sua gestão foram as melhorias internas promovidas na Associação Comercial.

Casa do Eletricista – TORNEIRA PINGANDO

“Tínhamos algumas coisas que precisavam ser melhoradas internamente, e conseguimos fazer isso. Agora, antes de encerrar a gestão, estamos fazendo todo um planejamento, coisa que eu não sei se já havia sido feito antes”, enaltece.

Conforme o presidente da Acisa, a intenção é entregar um planejamento, com tudo em ordem, para que a nova diretoria possa dar continuidade aos trabalhos. “Estamos pensando nesse planejamento desde o final de 2019, e neste ano as nossas reuniões já reiniciaram. Queremos deixar a casa em ordem para que a nova gestão possa dar sequência às atividades normalmente. Trabalhamos muito com o foco na questão da organização, porque queremos deixar tudo organizado e o mais transparente possível”, evidencia.

 

CONQUISTAS

Na opinião de Redin, dentre os trabalhos de destaque desenvolvidos pela atual diretoria está a evolução significativa da Expo Santa Helena. “No ano passado conseguimos praticamente dobrar o número de expositores”, enfatiza.

Na penúltima edição do evento a média de expositores foi de 65 e na edição de 2019 a feira contou com 114 expositores. “Foi um salto que mostrou a credibilidade conquistada com um trabalho bem feito”, avalia.

Outra conquista apontada pelo líder empresarial foi o aumento do número de parcerias firmadas entre a Acisa e órgãos públicos e privados da região. Na visão dele, isso fez com que a Associação Comercial de Santa Helena construísse uma boa imagem perante a sociedade regional. “Em vista disso, muita gente de fora veio nos visitar e conhecer o modelo que estamos aplicando na realização dos nossos eventos. Muitas outras associações se interessaram no formato que estamos trabalhando”, pontua.

 

DESAFIOS

De acordo com Redin, um dos maiores desafios do comércio santa-helenense é o fato de Santa Helena ser um município pequeno e ter cidades grandes muito próximas. “Em vista disso, muitos munícipes vão comprar fora. Ir para o Paraguai é muito fácil, para Marechal Cândido Rondon, Cascavel, Toledo, é muito fácil, então estamos sempre enfrentando esse desafio de como fazer para o pessoal comprar aqui. Essa é uma luta contínua. Chamar o consumidor, envolvê-lo a comprar, prestigiar e valorizar o comércio local”, frisa.

Por mais que os empresários inovem e busquem ferramentas atrativas, conquistar o consumidor não é tarefa fácil, avalia o presidente da Acisa. “Tentamos trabalhar esse aspecto com a população, mas é difícil. O pessoal tem essa mania de ir comprar fora. Salientamos, sempre que possível, sobre a importância de valorizar o comércio local. Se você compra fora, acaba levando o dinheiro do giro da cidade para fora. Tentamos conscientizar os santa-helenenses, seja por meio de campanhas ou outras ações que promovemos para fomentar o comércio local. É um desafio que eu tive e que as próximas gestões também terão, porque é costumeiro em cidade pequena o pessoal ir para fora comprar”, reitera.

 

PROJETOS PARA OUTRAS GESTÕES

Segundo Redin, alguns projetos iniciados em sua gestão terão continuidade e/ou serão concluídos em outros mandatos. Um deles, aponta, e o mais significativo, é a construção de uma nova sede para a Acisa, que deverá ser realizada em parceria com a prefeitura. “É um projeto que ainda está engatinhando, que a diretoria está iniciando agora e pode ser que nem a próxima gestão termine, mas foi dada a largada em um projeto um pouco mais audacioso, de um novo prédio. Essa é uma coisa que eu realmente gostaria que desse certo para dar um novo ânimo para os nossos associados”, ressalta.

 

DEVER CUMPRIDO

O presidente da Acisa afirma que vai entregar seu mandato com o sentimento de dever cumprido. “Estou saindo muito contente com a gestão. Lógico que eu gostaria de ter feito mais coisas, gostaria de ter feito melhor as campanhas, mas no nosso planejamento de agora estamos lançando uma campanha diferente para este ano, então o que eu não conseguir fazer antes de sair, vou deixar encaminhado. A gente não consegue fazer tudo o que gostaria, até porque não tem como ficar o tempo todo na associação, mas saio contente e vamos deixar tudo muito bem encaminhado para que a próxima diretoria consiga dar uma sequência satisfatória aos trabalhos”, expõe.

 

ELEIÇÃO NESTA SEXTA-FEIRA

A Assembleia Geral Ordinária da Acisa, marcada para esta sexta-feira (31), vai definir a nova diretoria da entidade, assim como do Conselho do Jovem Empreendedor (Cojem) e do Conselho da Mulher Empreendedora. São convocados todos os associados da entidade e membros dos conselhos quites com a tesouraria e em conformidade de seus direitos.

Na pauta está o relatório de atividades da gestão 2018/2020, prestação de contas e a eleição de novas diretorias.

Caso haja apenas uma chapa inscrita na secretaria da Acisa, a eleição será por aclamação durante a assembleia, a partir de 19h30. Se mais de uma chapa for inscrita, a eleição se dará por voto secreto e direto, a partir de 09 horas até as 17 horas, na sede da Acisa.

As chapas devem ser protocoladas na secretaria da Associação Comercial até três dias úteis antes das eleições.

Conforme o presidente da Acisa, já existe um nome cotado para assumir a presidência. “Prefiro não adiantar para não alardear, pois faltam alguns dias até finalizar o prazo para a inscrição de chapa”, declarou ao O Presente.

A princípio, Redin acredita que haverá somente uma chapa inscrita. “Não ouvimos ninguém manifestar interesse ainda, mas essa pessoa que vai se colocar à disposição para ser presidente é uma empresária e terá o apoio da diretoria atual. É uma pessoa que se envolve muito e participa de todas as ações que nós desenvolvemos, então ela está bem inteirada. Tem potencial para desenvolver um bom trabalho e creio que terá o apoio do pessoal”, adianta.

 

O Presente

TOPO