Ecoville – Maior rede de limpeza
Municípios Entrevista ao O Presente

Presidente dos Lindeiros avalia reta final da gestão e enaltece parcerias com a Itaipu

Presidente do Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, Cleci Loffi: “Um novo processo que já está em discussão e precisará ser fortalecido no início do ano que vem, com uma nova gestão da Itaipu e do governo federal, trata-se da manutenção dos royalties a partir de 2023” (Foto: Maria Cristina Kunzler/OP)

 

O Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu promove, nesta terça-feira (18), às 18h30, no centro de eventos do balneário de Santa Helena, assembleia ordinária que marca o encerramento do ano. Na oportunidade, ainda haverá a premiação do programa Cidades Sustentáveis, lançamento do programa Mais Verão, entrega de kits e jantar.

Daqui poucos mais de 30 dias, em janeiro, a presidente da entidade e prefeita de Mercedes, Cleci Loffi, encerra sua gestão e entrega o comando da entidade para outro prefeito. Ao fazer uma avaliação de 2018, ela considera que foi um período de muitas evoluções. “É sempre uma luta nossa defender os 16 municípios lindeiros. A Itaipu é a maior parceira do Conselho dos Lindeiros e, numa visão mais administrativa, acabou percebendo que poderia expandir os seus projetos. Esses projetos foram estendidos para 55 municípios do Oeste do Paraná. Isso significa que existe uma capacidade financeira dentro da Itaipu hoje para atender várias demandas. Com esse pensamento, nós, dos Lindeiros, nos últimos seis meses encaminhamos vários projetos, sendo que alguns estão acontecendo e outros vão acontecer em 2019. Se encaminhamos dez projetos para a Itaipu nos dois anos de gestão, seis a sete foram atendidos e os que não saíram do papel ou foi por uma questão legal ou ainda poderão acontecer”, detalha a gestora.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

De forma geral, ela avalia de maneira extremamente positiva o novo olhar que a Itaipu passou a ter sobre os municípios, e enaltece: “A nossa região começou a ter uma valorização diferente. A região lindeira, com todo seu lado positivo e seu lado negativo, por margear o Lago de Itaipu, começou a ser vista pela Itaipu de uma forma diferente novamente. Demonstração disso foram todos os convênios assinados”, reforça, acrescentando: “Assinamos neste ano de 2018 milhões de reais em convênios com a Itaipu. Não dá para fazer uma média de valores, porque existem realidades diferentes de um município para outro em relação às suas áreas de lazer, pois há convênios de R$ 500 mil a R$ 4 milhões. Os convênios variam conforme cada ação desenvolvida, mas a Itaipu vai cobrir de 50% a 70% desses investimentos”, afirma. “Todos os municípios lindeiros que possuem praias artificiais e áreas de lazer foram atendidos”, informa.

A gestora destaca que foram dados vários passos e agora os frutos estão sendo colhidos pela entidade. “Sem dúvida alguma estamos extremamente satisfeitos com esse resultado, porque há pessoas que realmente querem fazer a diferença, e os prefeitos querem fazer essa diferença. Estão fortemente engajados no Conselho e tendo a Itaipu como parceira, queremos marcar os 16 municípios, dando a eles o que realmente é deles por direito”, frisa.

 

Kit asfáltico

Na assembleia da próxima terça-feira haverá a entrega do kit asfáltico que foi adquirido pelos Lindeiros a partir de um investimento realizado pela Itaipu, o qual soma R$ 4,8 milhões. “Todos os equipamentos já foram adquiridos e estamos finalizando o processo de como será operacionalizado”, diz a presidente da entidade.

 

Cidades Sustentáveis

O evento marcará, ainda, a premiação do Cidades Sustentáveis, em que a Itaipu vem dando um suporte para os municípios. Na ocasião, haverá a eleição do melhor projeto dentro do programa. “No setor público a premiação será de R$ 200 mil para o município melhor colocado. A Itaipu tem uma visão de querer fazer com que nossa região seja diferenciada dentro do país. E vamos conseguir fazer essa diferença graça a esses inúmeros convênios”, comemora Cleci.

 

Mais Verão

A programação prevê também o lançamento oficial do projeto Mais Verão, desenvolvido por meio de um convênio, no qual a Itaipu vai destinar um total de R$ 2,4 milhões. “Serão R$ 800 mil por ano para executarmos esse programa. O Mais Verão engloba atividades esportivas e veio para ficar. Conta com um número grande de participantes, concorrência elevada dos desportistas da nossa região, e possui premiação. Realmente é um diferencial que a Itaipu vem fazendo”, declara.

 

Linha Ecológica

Na assembleia a diretoria dos Lindeiros fará a entrega da nova van adquirida pela entidade para atender a Linha Ecológica. O veículo será usado por alunos e educadores ambientais da região.

 

Feirantes

Ainda durante o evento, está marcada a entrega das 200 barracas adquiridas para os feirantes dos municípios lindeiros. “Vamos dividir entre os municípios que já possuem esse projeto em funcionamento, que são as feiras dos produtores rurais. Vamos destinar essas barracas para eles”, cita a presidente da entidade.

 

Árvores digitais

Por outro lado, no último dia 06 começaram as inaugurações das árvores digitais nos 16 municípios lindeiros. “As árvores digitais já estão em funcionamento. As pessoas que quiserem usar o wi-fi gratuitamente nessas árvores digitais já podem fazer o uso do sinal de internet”, comemora Cleci.

 

Castração

A presidente dos Lindeiros comenta que foi encaminhado um novo projeto para a Itaipu visando à aquisição de um castramóvel. “Queremos de uma forma diferenciada na nossa região fazer um controle dos cães e gatos por meio da castração. Já houve uma sinalização positiva em relação a esse projeto e torcemos para que seja confirmado ainda na atual gestão desta diretoria da Itaipu”, enaltece.

 

Energia

Na área energética, foi encaminhado um pedido à Itaipu para que haja o desenvolvimento de um projeto fotovoltaico. “Inclusive a Itaipu está fazendo levantamento de gastos de todas as construções públicas dos 16 municípios lindeiros para de alguma forma fazer um subsídio sobre esses valores, dentro da iluminação”, comenta.

 

Convênios individuais

Além dos convênios que a Itaipu firmou com o Conselho dos Lindeiros, houve parcerias individuais com cada município. Ela menciona, por exemplo, Mercedes, com o qual a hidrelétrica assinou convênio para a compra de todas as árvores solares do lago municipal, bem como está investindo na construção da nova ponte que vai ligar o município com Nova Santa Rosa.

 

Eleição em janeiro

Cleci analisa que a experiência à frente dos Lindeiros foi muito produtiva e ressalta que já fez a indicação de um nome para sucedê-la no comando da entidade: o prefeito de Pato Bragado, Leomar Rohden (Mano). “Eu sei que ele tem intenções excelentes para o Conselho e é uma pessoa que possui fácil acesso dentro da Itaipu Binacional. Por todos esses anos de serviços no sistema público o Mano já possui uma ligação muito boa com a equipe da Itaipu. Acho que a região sai muito fortalecida. Claro que ouviremos os outros municípios também, até porque vamos lutar pelo consenso em relação ao nome de alguém, mas a princípio o nome que está aparecendo mais fortemente é do prefeito Mano. Sei que a administração dos Lindeiros estará em boas mãos nos próximos anos”, conclui.

 

O Presente

 

TOPO