Municípios Substituição

Quatro Pontes ganha nova profissional com saída de cubano do Mais Médicos

A nova profissional iniciou atendimento na segunda-feira (03) na Unidade Básica de Saúde (UBS) Hilda Ana Escher (Foto: Divulgação)

A decisão do governo de Cuba em deixar o programa Mais Médicos, citando “referências diretas, depreciativas e ameaçadoras” feitas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro à presença dos médicos cubanos no Brasil, fez Quatro Pontes, dentre os 11 municípios da 20ª Regional de Saúde, perder um médico. A saída do cubano, clínico geral Leandro Yero Sosa, ocorreu ainda no último mês.

Em virtude disso, um novo edital do programa Mais Médicos foi publicado no Diário Oficial da União, ofertando 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI), que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba, para os médicos brasileiros com CRM Brasil ou com diploma revalidado no país, como medida emergencial adotada pelo governo brasileiro para garantir a assistência em locais que contam com profissionais cubanos.

Por meio deste edital, nova profissional iniciou atendimento na segunda-feira (03) na Unidade Básica de Saúde (UBS) Hilda Ana Escher. Trata-se da clínica geral, Aline Carbonera. O secretário de Administração, vice-prefeito Tiago Hansel, explica que o país caribenho enviava profissionais para atuar no Sistema Único de Saúde (SUS) desde 2013, quando o governo da ex-presidente Dilma Rousseff criou o programa para atender regiões carentes sem cobertura médica. “Todos os municípios foram tomados de surpresa com a decisão de Cuba, mas com o novo edital emergencial foi possível fazer a reposição”, diz, destacando “a garantia de um melhor atendimento continua, priorizando a gestão humanizada. Hoje, temos médicos diariamente e em todos os horários, carência que foi sanada. Por meio de concurso público municipal ainda houve a contratação de três profissionais: um médico clínico geral, um médico ginecologista e uma psicóloga”.

 

Horários

Atualmente, o município conta com a pediatra Raquel Sônia Munaretto, os clínicos gerais Leandro Davi Wagner, Thamara Cristina Ferreira Antes e agora Aline Carbonera, o ginecologista e obstetra Edu Henrique de Azevedo, o fonoaudiólogo Augusto Rocha Cremonese, a psicóloga Andrielli Sofia Bonissoni, as nutricionistas Priscila Kelly Cervo Rossato e Jussara Gheller e os odontologistas Cláudio Zanon Rossato e Guilherme Della Nora Santos.

O atendimento no Posto de Saúde na segunda-feira é feito pela Dra. Raquel (pediatra), das 08 às 10 horas, e pelo Dr. Leandro (clínico geral), das 08 às 12 horas e das 13h30 às 17h30; na terça-feira tem a Dra. Raquel (pediatra), das 08 às 10 horas, e o Dr. Leandro (clínico geral), das 08 às 12 horas e das 13h30 às 17h30; na quarta-feira Dra. Thamara (clínica geral), das 08 às 12 horas e das 13h30 às 17h30, e Dra. Raquel (pediatra), das 08 às 10 horas; na quinta-feira Dra. Thamara (clínica geral), das 08 às 12 horas e das 13h30 às 17h30, e Dra. Raquel (pediatra), das 08 às 10 horas; e na sexta-feira Dra. Thamara (clínica geral), das 08 às 12 horas, Dr. Leandro (clínico geral), das 13h30 às 17h30, e Dra. Raquel (pediatra), das 08 às 10 horas.

Já na UBS atende o Dr. Cláudio (odontologista) na primeira e última segunda-feira do mês, das 07h20 às 09 horas, na terça-feira, das 13 às 17 horas, e na sexta-feira, das 07h30 ao meio-dia; o Dr. Guilherme (odontologista) na quarta-feira, das 13h30 às 17 horas, e na quinta-feira, das 07h30 às 11 horas e das 13 às 15 horas; a Dra. Andrielli (psicóloga) de segunda à sexta-feira, das 08 ao meio-dia e das 13 às 17 horas; o Dr. Edu (ginecologista e obstetra) na sexta-feira, das 08 ao meio-dia e das 13 às 17 horas; o Dr. Augusto (fonoaudiólogo) de segunda à sexta-feira, das 13 às 17 horas; e a Dra. Aline (clínica geral) de segunda à quinta-feira, das 08 ao meio-dia e das 13h30 às 17h30.

 

Com assessoria

TOPO