Ecoville – Maior rede de limpeza
Municípios Reutilização

Santa-helenenses poderão destinar corretamente o lixo eletrônico e ainda contribuir com projeto educacional

Foto: Divulgação
  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

  • Fotos: Divulgação

De 04 a 08 de novembro acontece mais uma edição da Semana do Material Eletrônico, uma campanha de arrecadação de lixo eletrônico promovida pelo Município juntamente com a UTFPR, Campus de Santa Helena.

No ano passado, cerca de duas toneladas foram arrecadadas e esse material é reutilizado nas aulas de robótica aplicadas por professores e alunos do curso de Ciências da Computação da Universidade às crianças e adolescentes do Ccica – Centro de Convivência Integral da Criança e do Adolescente.
Sendo assim, a iniciativa alia sustentabilidade a conhecimento, mas é necessário a colaboração da população na destinação do lixo eletrônico para que haja matéria prima suficiente para utilização em sala de aula.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

Para contribuir é preciso levar o lixo eletrônico até as caixas instaladas na UTFPR, Prefeitura Municipal, escolas municipais Tancredo Neves, Inês Mocellin e Marechal Deodoro da Fonseca e também, no dia 06 na Praça Central junto a Feira dos Produtores de Orgânicos onde será realizada uma apresentação dos projetos elaborados com materiais reutilizados e também haverá conscientização da população sobre a importância de envolver-se neste projeto.

Conforme o professor de Ciências da Computação da UTFPR Itamar Iliuk para as aulas no Ccica são utilizados artefatos que demonstram na prática o conhecimento da disciplina de robótica despertando nas crianças e adolescentes o interesse por esta ciência: “Gostaríamos de contar novamente com a colaboração da população no depósito do lixo eletrônico nas caixas instaladas em diversos pontos da cidade, para que possamos dar continuidade as aulas de robótica no Ccica e ainda, garantir uma destinação mais correta a esses materiais que podem ser poluentes e não se decompõem facilmente” declara um dos organizadores da campanha de Recolha do Lixo Eletrônico.

Os materiais arrecadados são pilhas, rádios, televisores, computadores, notebooks, celulares, ventiladores, entre outros objetos que estão obsoletos e inutilizados.

 

Com assessoria

TOPO