Ford Ranger 2021 + Territory
Copagril – Compras no Site
Municípios Destaques do Oeste

Secretários de Educação da região enaltecem notas de destaque no Ideb

Maripá conquistou as melhores notas do Paraná no Ensino Fundamental - anos finais e no Ensino Médio no Ideb 2019 (Foto: Divulgação)

O Paraná alcançou a quarta melhor nota do Ensino Médio entre as redes estaduais do Brasil, segundo dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O estudo divulgado na terça-feira (15) mede a qualidade do ensino no país. Em 2017, o Estado ocupava a sétima posição.

O Ideb é realizado a cada dois anos e na edição atual, que mostra resultados da avaliação feita em 2019, o Paraná conseguiu um fato histórico: obteve o maior crescimento de nota no Ensino Médio. O Estado subiu 0,7, saindo de 3,7 para 4,4 pontos. É a maior evolução desde 2005. Se somadas as notas de escolas federais e privadas, o Paraná aparece em 3º no ranking.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

O Estado também ocupa o 1º lugar do Brasil entre as redes estaduais no Ensino Fundamental – Anos Iniciais (até o 5º ano), com nota de 6,8, e ficou na 3ª posição para os Anos Finais (6º ao 9º ano).

“A educação do Paraná registra um crescimento expressivo. Há anos a Educação do Estado vinha andando de lado. Agora o Ideb mostra que a qualidade do ensino melhorou. Isto só foi possível graças a um esforço conjunto, à aplicação de novas tecnologias e principalmente pelo grande trabalho dos profissionais da nossa rede”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

O secretário de Estado da Educação e do Esporte do Paraná (Seed), Renato Feder, destaca que, além do bom desempenho no Ensino Médio, o Paraná teve crescimento absoluto de 0,5 ponto e foi um seis Estados a bater a projeção do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para 2019. Somente Bahia e Pará tiveram o desempenho semelhante.

 

LINHA DE APOIO – FACEBOOK SE QUISER

Serranópolis do Iguaçu, Maripá, Entre Rios do Oeste, Quatro Pontes, Mercedes, Missal e São Pedro do Iguaçu são as cidades da região que aparecem no top 10 do Estado. Qualidade do ensino paranaense está entre as melhores do Brasil

 

 

 

TODO ESTADO

O resultado do Ideb de 2019 mostra que o desempenho do Paraná cresceu em quase todos os municípios do Estado. Dos 399 cidades do Estado, houve alta na nota em 359 cidades. Destas, 336 atingiram a meta estipulada no Ensino Médio.

O mesmo aconteceu na qualidade do ensino entre os alunos do Ensino Fundamental Anos Finais. Houve alta em 336 municípios e 140 atingiram a meta. “Isto reflete o bom trabalho dos professores, a redução da evasão e da reprovação dos alunos e o melhor treinamento do profissional da Educação”, avalia Feder.

 

MAIS PRÓXIMO

Os dados do Ideb mostram outro avanço. Houve redução da diferença da nota entre o ensino privado e o ensino público no Paraná. No Ensino Médio, a queda foi de 2,2 para 2,0 pontos e nos Anos Finais foi de 2,1 para 1,6 ponto. No primeiro caso, o número ultrapassou a rede privada em 0,4 ponto.

O secretário estadual da Educação e do Esporte avalia que o crescimento é resultado de um intenso trabalho da rede estadual de ensino. “Com a divulgação dos números do Ideb queremos reconhecer e parabenizar a atuação de nossos professores”, enfatiza. “O ranking mostra a atuação de toda a nossa rede e que estamos no caminho certo para o desenvolvimento das alunas e alunos”, acrescenta.

 

TOLEDO EM DESTAQUE

Entre as cidades com mais de 100 mil habitantes, Toledo obteve a melhor nota (4,9) nos anos finais do Ensino Fundamental, seguida por Guarapuava (4,7), Arapongas (4,6) e Campo Largo (4,6). Depois vieram Ponta Grossa, Apucarana, Curitiba, Umuarama e Maringá, todas com nota 4,5. Cascavel fechou o top 10 com 4,4.

Todos esses municípios tiveram aumento da nota entre 13% e 27% em relação ao último Ideb. Guarapuava foi a responsável pelo maior crescimento, saltando de 3,7 para 4,7.

 

 

CONFIRA O DEPOIMENTO DE SECRETÁRIOS DA MICRORREGIÃO:

MARIPÁ

Destaque estadual, Maripá aparece com as melhores notas do Paraná no Ensino Fundamental – anos finais e Ensino Médio no Ideb 2019. “Estamos muito felizes com as notas do Ideb. É fruto de um trabalho que vem de longo tempo. Estamos há sete anos e meio trabalhando para que a educação melhore cada vez mais. Começamos na base com atendimento diferenciado com resultado 6,5, o que não é fácil”, expôs ao O Presente o secretário municipal de Educação, Jony Zils. “Os números são importantes, mas o principal é o aprendizado. Também ficamos felizes pelas notas dos colégios estaduais, que se classificaram em 1º lugar, demonstrando que a educação de Maripá é bem-feita. O resultado vem a longo prazo e é fruto do trabalho de professores excepcionais que se dedicam muito para os alunos aprenderem cada vez mais. Parabenizamos todos os professores, tanto da rede municipal quanto estadual. É difícil se manter em um patamar elevado como nos encontramos, sendo necessário trabalhar mais e mais para melhorar o aprendizado dos alunos para que futuramente tenham sucesso profissional nas suas vidas”, ressalta.

(Foto: Camila Angst)

 

MERCEDES

Mercedes foi outro município do Oeste que se destacou nas notas do Ideb no Paraná, alcançando a 2ª melhor média no Estado no Ensino Médio. Conforme a secretária de Educação e Cultura, Elenir Brun, é por meio do resultado do Ideb que é pesado todo o caminhar do dia a dia das instituições de ensino do município. “É um trabalho de muita responsabilidade e comprometimento com a formação cidadã e sucesso escolar de cada estudante”, enfatizou ao O Presente. “Parabéns a todos. Gratidão pelo ótimo resultado. Isso nos motiva a seguir fazendo o melhor, sempre”, amplia.

Elenir menciona que a nota média do município era 6,6 em 2017 e passou para 6,4 em 2019. “Tivemos uma pequena queda na média, não tendo uma evolução dentro do esperado, mas nem tudo depende de nós. Este resultado dá-se por muitos fatores internos e externos que estão presentes ano a ano influenciando a dinâmica das escolas e, muitas vezes, impedindo de melhorar a média. Contudo, o mais importante é que todos se empenharam, fizeram e fazem com muito amor o seu trabalho. Sabemos do esforço máximo de cada um e que este resultado não é o único parâmetro para reconhecimento do ensino de qualidade. As ações são muito mais importantes que o resultado, as conquistas diárias importam, mesmo que pequenas, mas com significado marcante”, frisa. “De nada adiantaria ter uma estrutura de qualidade e materiais diversificados se não tivéssemos excelentes profissionais, que fazem a diferença em prol da Educação”, acrescenta.

(Foto: Gisela Stern)

 

ENTRE RIOS DO OESTE

De acordo com Lucia Barcellos Weschenfelder, secretária de Educação e Cultura de Entre Rios do Oeste, município que figura entre as dez cidades do Paraná com as melhores notas do Ideb 2019, o salto de oito pontos na média é fruto de um esforço coletivo da equipe educacional, que, segundo ela, é comprometida com a educação entrerriense.

Para a secretária, um dos aliados na conquista do resultado foi o apostilamento Sefe (Sistema Educacional Família Escola), adotado em 2016 na Educação Infantil e estendido para o Ensino Fundamental séries iniciais em 2017. “O apostilamento é totalmente baseado na Base Nacional Comum Curricular. Hoje estamos entre os melhores da região, superamos a média estadual e nacional. Podemos dizer que, graças ao esforço coletivo de toda a equipe da educação e ao investimento adotado no sistema Sefe, chegamos a este resultado”, declarou ao O Presente.

(Foto: Patricia Porto)

 

QUATRO PONTES

Quatro Pontes foi destaque no Ideb 2019 com a nota 7,1, uma das maiores do Estado no Ensino Fundamental – anos iniciais. O resultado, de acordo com a secretária de Educação, Araceli Tauchert, foi recebido com alegria. “Quando a educação melhora, tudo melhora. Temos um investimento alto neste setor e por isso estamos colhendo este resultado”, ressaltou ao O Presente, emendando: “Desde 2014 temos o Sistema Aprende Brasil, que contribui para o aprendizado dos alunos, mas sabemos que é uma soma de esforços, que vem desde o apoio da família nos estudos em casa, além do empenho e da dedicação das equipes das escolas. Só temos a agradecer por todos os esforços, que, juntos, geram resultados positivos”.

Para Araceli, a nota do Ideb é um reconhecimento para o município. “Estamos muitos felizes e pretendemos avançar ainda mais. A nossa meta para 2019 era atingir a nota 63 e atingimos 71. É um avanço muito grande. Vamos seguir buscando melhorar cada vez mais a qualidade da nossa educação”, garante.

(Foto: Vanderleia Kochepka)

 

NOVA SANTA ROSA

Nova Santa Rosa, por meio da rede municipal de ensino, conquistou nota 6,7 nos anos inciais do Ensino Fundamental. Os estudantes ainda somaram 5,6 na categoria anos finais do Ensino Fundamental e 4,5 no Ensino Médio. A secretária municipal de Educação e Cultura, Nilza Gerling, se mostra satisfeita com a qualidade do trabalho dos profissionais da educação e com o desempenho dos alunos.

“O nosso reconhecimento e agradecimento a todos os educadores infantis, professores, equipes pedagógicas e demais profissionais que fazem parte da Educação do município de Nova Santa Rosa”, expõe Nilza, acrescentando: “Sabemos que este resultado vem do esforço, da dedicação e do compromisso de cada um que busca dar o seu melhor na educação dos nossos alunos. Juntos somos mais fortes. Parabéns e muito obrigada a todos!”.

(Foto: Arquivo/OP)

 

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO