Fale com a gente

Municípios Alerta

Situação alarmante em Mercedes: 63 casos de dengue confirmados e risco de epidemia aumenta

“Os dados são alarmantes. É crucial o engajamento de todos para combater esse mosquito”, adverte Josiane Rahm, Secretária de Saúde

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

Mercedes enfrenta um cenário preocupante com o registro de 63 casos confirmados de dengue até esta quinta-feira (29), elevando o município a um estado de risco epidemiológico. Esta situação sugere a iminência de uma epidemia caso a tendência de aumento nos números persista.

“Os dados são alarmantes. É crucial o engajamento de todos para combater esse mosquito”, adverte Josiane Rech Rahm, Secretária de Saúde.

Pessoas que manifestarem sintomas de dengue são orientados a buscar atendimento no Centro de Saúde ou dos distritos. Os sintomas mais comuns a serem observados incluem febre acima de 38°C, dores no corpo e nas articulações, dor ocular, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e presença de manchas vermelhas na pele.

A infecção também pode se manifestar de forma assintomática ou leve, porém, a forma grave da doença pode apresentar sintomas como dor abdominal intensa e contínua, náuseas, vômitos persistentes e sangramento das mucosas.

“É fundamental evitar a automedicação e nunca recorrer a anti-inflamatórios. A dengue tem causado complicações hemorrágicas em diversos pacientes. Além de eliminar possíveis focos de água parada, o uso de repelente é essencial na prevenção”, destaca Josiane.

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente