Municípios Após impeachment

Zado será oficiado hoje pela Câmara de Santa Helena

Vice-prefeito do município será o novo chefe do Poder Executivo após cassação do mandato do prefeito Airton Copatti

Foto: Divulgação

O vice-prefeito de Santa Helena, Evandro Zado Grade (PDT), deverá ser oficiado ainda hoje pela Câmara de Vereadores do município para assumir o cargo de prefeito.

De acordo com informações repassadas pelo Legislativo santa-helenense, após Zado ser notificado, o trâmite documental passará para o Cartório Eleitoral local para que ele possa atuar como chefe do poder Executivo, tendo em vista a cassação do mandato do prefeito Airton Copatti (MDB).

Segundo o vereador presidente da Câmara, Paulo Julio Vasatta (SD), já foi elaborado o decreto vacanciado o cargo de prefeito durante a sessão e provavelmente hoje Zado deve assumir como prefeito. “Em vista da cassação do mandato do prefeito Airton Copatti pela Câmara de Vereadores, agora assume o vice-prefeito eleito pela mesma coligação”, informa.

Conforme informações apuradas pela reportagem de O Presente, não deverá ocorrer nenhuma cerimônia de posse do novo prefeito do município.

 

Seis votos a três

A sessão especial de julgamento do processo de impeachment movido contra Copatti teve início às 16h10 de quinta-feira (07) e se estendeu até as 02h30 da madrugada de hoje (08), nas dependências da Associação Comercial de Santa Helena (Acisa).

Na oportunidade, os vereadores definiram pela cassação do mandato do prefeito Copatti, com placar de seis a três. Os vereadores Édson Wamms (MDB), Julio Morandi (MDB) e Valdonir Weizenmann (Titi) (PSL) votaram pelo arquivamento do processo de impeachment.

Copatti esteve presente desde o início da sessão, acompanhado de familiares e do deputado estadual Ademir Bier. Com o resultado, ele saiu do recinto sem falar com a imprensa.

TOPO