Pref. Pato Bragado COVID
Pref. Marechal NATAL 2020
Paraná Opção ao modelo tradicional

Assembleia autoriza o funcionamento de até 200 Colégios Cívico-Militares no Paraná

(Foto: Divulgação)

A Assembleia Legislativa aprovou na tarde de segunda-feira (28), em 2ª e 3ª votações, o projeto de lei que autoriza e regulamenta o funcionamento de até 200 Colégios Cívico-Militares no Paraná. Líder do Governo e Presidente da Comissão de Educação, o deputado Hussein Bakri (PSD) destaca que essas escolas serão uma opção ao modelo tradicional para os pais que desejarem matricular seus filhos e que, em caso de haver alta demanda, a ocupação das vagas será definida por sorteio.

A implantação dos Colégios Cívico-Militares será de escolha livre da comunidade escolar por meio de consulta pública; em municípios com mais de 10 mil habitantes e que tenham ao menos duas escolas estaduais na área urbana; e em colégios com vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar, e que não ofertem ensino noturno.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Numa gestão compartilhada, as aulas continuarão sendo ministradas por professores da rede estadual, enquanto os militares serão responsáveis pelas áreas de infraestrutura, patrimônio, finanças, segurança, disciplina e atividades cívico-militares. Haverá um Diretor-Geral e um Diretor-Auxiliar civis, além de um Diretor Cívico-Militar e de 2 a 4 monitores militares conforme o tamanho da escola. Todos esses militares serão inativos e voluntários, sendo remunerados por meio de diárias criadas por lei em 2017.

O desempenho dos colégios será medido continuamente por meio de metas que serão traçadas, e os uniformes dos alunos serão adquiridos pela Secretaria da Educação.

 

Com Bem Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO