Paraná Cooperação

BRDE e Unido facilitam acesso a crédito para produção de biogás

Foto: Agência La Imagem

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido) assinaram nesta quarta-feira (23), na sede do banco em Curitiba (PR), um acordo de cooperação técnica para facilitar o acesso de produtores agroindustriais do Sul do Brasil a crédito voltado à produção de biogás e biometano no setor.

Pelo acordo, o BRDE se compromete a apoiar a Unido na criação de instrumentos que facilitarão o acesso a serviços financeiros por parte de produtores e fornecedores ligados à cadeia produtiva e tecnológica do biogás.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

A parceria também inclui a construção de ferramentas de suporte à elaboração e avaliação de modelos e planos de negócios específicos para o setor.

 

BIOGÁS BRASIL

Assinaram a cooperação o representante da Unido para o Brasil e a Venezuela, Alessandro Amadio; o diretor-presidente do BRDE, Marcelo Haendchen Dutra, e o diretor de Operações do banco, Wilson Bley Lipski.

A parceria faz parte das ações do projeto GEF Biogás Brasil (Aplicações do Biogás na Agroindústria Brasileira), implementado pela Unido, em conjunto com o governo federal, instituições privadas, universidades e entidades setoriais.

O objetivo do projeto e do acordo de cooperação técnica é estimular a utilização do biogás como fonte energética sustentável, reduzir a dependência nacional em relação a combustíveis fósseis, estimular a competitividade do setor agroindustrial brasileiro e diminuir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera.

“O projeto é voltado para o fortalecimento da cadeia de valor do biogás. A ideia principal é construir uma estrutura mais complexa que permita o desenvolvimento de modelos de negócio mais interessantes para o setor. E esse tipo de estratégia exige investimentos mais altos. Por isso, a parceria com um banco capaz de fornecer esse tipo de investimento é essencial”, diz Alessandro Amadio, da Unido.

“Temos no Paraná uma malha de atores que oferecem operações e linhas de crédito. O Sistema Paranaense de Fomento opera com a parceria do BRDE, da Fomento Paraná, da Invest Paraná, e do Sebrae/PR. Há uma sinergia para operacionalizar resultados que cheguem com mais eficiência à população”, afirma Wilson Bley Lipski.

 

VALORIZAÇÃO

A ação conjunta envolvendo o BRDE, a Unido e os atores institucionais e governamentais envolvidos no projeto pretende identificar e avaliar as principais oportunidades de valorização do biogás a partir do agronegócio regional, além da captação de recursos externos para o financiamento da geração sustentável de energia e combustível.

O projeto GEF Biogás Brasil é financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (Global Environment Facility, em inglês), implementado pela Unido e liderado no Brasil pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

A iniciativa conta com quase oito milhões de dólares em recursos diretos, além de parceiros governamentais, privados, setoriais e acadêmicos.

O BRDE é uma instituição financeira pública voltada para estímulo ao desenvolvimento regional, ligada aos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná. A parceria com a Unido faz parte do programa BRDE PSC – Produção e Consumo Sustentáveis, uma iniciativa do banco que tem como objetivo financiar projetos que ajudem na redução da emissão de gases de efeito estufa.

 

Com Agência de Notícias do Estado do Paraná

TOPO