Copagril
Paraná Solidariedade

Campanha do Agasalho do MPPR arrecada cerca de 14 mil doações

(Foto: Divulgação)

O Graças à contribuição de membros, servidores e estagiários do Ministério Público do Paraná, a Campanha do Agasalho 2019 do MPPR arrecadou, entre os meses de maio e julho, 13.901 doações, entregues para instituições beneficentes em todo o estado. A iniciativa, que está em seu nono ano, contou com a participação de 16 comarcas, além de Curitiba, e de 50 voluntários que coordenaram as ações em cada local.

Dentre as doações, destacam-se roupas masculinas, femininas e infantis, calçados, peças íntimas, toalhas, lençóis, produtos de higiene, além de mil cobertores novos, 2.272 pares de meias, 839 cuecas, 357 toucas e 192 pares de luvas, comprados com dinheiro arrecadado entre integrantes da instituição em Curitiba.

Casa do Eletricista PISCINAS

A capital alcançou recorde de doações em relação ao ano passado: 10.006 itens no total, sendo 5.346 arrecadados e 4.660 novos comprados. Em 2018, foram 8.587 peças. Nas comarcas do interior, a soma resultou em 3.895 artigos distribuídos.

Para a coordenadora estadual da Campanha do Agasalho, a servidora Ines Luft, a iniciativa é muito importante tanto para quem doa quanto para quem recebe. “Gosto muito de ser voluntária da campanha, pois, embora o trabalho seja grande, é muito gratificante ver o sorriso da irmã Janete, responsável pela Casa de Acolhida São José (instituição beneficiada em Curitiba), e principalmente das pessoas que vão utilizar aquele agasalho. Elas sentem-se acolhidas ao verem que há alguém que se preocupe com elas”, destaca Ines.

 

Beneficiados

Na capital, duas instituições foram escolhidas para receber os donativos: a Casa de Acolhida São José, que atende pessoas em situação de rua, e a Cooperativa CataParaná, que assiste famílias de recicladores. Confira as outras instituições beneficiadas em todo o estado:

Almirante Tamandaré: Centro de Convivência Estrelar, da prefeitura, que atende a famílias em situação de vulnerabilidade

Assis Chateaubriand: Auxílio Fraterno da Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Campo Largo: Associação Lar Feliz e Aldeia São José, instituições que acolhem crianças e adolescentes

Campo Mourão: Albergue Municipal

Corbélia: famílias atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social

Cornélio Procópio: Casa de Passagem

Foz do Iguaçu: Associação dos Moradores da Ocupação do Bubas

Guarapuava: Ação Social Renascer

Londrina: Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop)

Pérola: Centro de Referência de Assistência Social do município

Ponta Grossa: Casa de Apoio e Reinserção Social Esperança Carese e Casa Corina Portugal, que acolhe mulheres vítimas de violência

Terra Boa: famílias atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social

União da Vitória: famílias carentes credenciadas nas Secretarias de Assistência Social de General Carneiro e Cruz Machado, e famílias do Bairro Santa Rosa, em Porto União (SC)

Também participaram as comarcas de Castro, Formosa do Oeste e Maringá. Em cada cidade, a maioria das doações foi recebida na sede do Ministério Público do Paraná, em caixas com a identificação visual da campanha.

 

Com MPPR

TOPO