Paraná Levado por desobediência

Casal é preso acusado de avisar local de blitz em grupo de WhatsApp, diz polícia

Foto: Reprodução/RPC TV

 

Um casal foi preso neste sábado (11) suspeito de divulgar em um grupo de WhatsApp uma blitz que era realizada pela Polícia Militar (PM) no Bairro Jardim Panorama, em Sarandi, no Norte do Paraná. A polícia descobriu e fez a abordagem.

De acordo com a PM, eles foram presos por desobediência porque houve resistência durante a abordagem, e vão responder por atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Ainda conforme a polícia, não existe uma lei que diga claramente que a divulgação de ações policiais configure um crime, mas a atitude é considerada ilegal e pode acarretar em pena de reclusão de um a cinco anos e multa.

O casal assinou termo circunstanciado e foi liberado.

 

Com RPC TV

TOPO