Copagril
Paraná Educação

Combate ao abandono escolar apresenta resultados positivos

(Foto: Divulgação/SEED)

Implementado em maio nas escolas estaduais do Paraná, o Presente na Escola, conjunto de estratégias de acompanhamento de frequência e combate ao abandono escolar da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte, já rende frutos. O balanço do primeiro mês de vigência do programa mostra que professores e equipes gestoras dos colégios do Estado estão engajados em manter os estudantes na sala de aula.

Se no dia 13 de maio, quando a iniciativa foi lançada, a média de frequência nas instituições estaduais de ensino era de 85,8%, em 13 de junho a marca subiu cinco pontos percentuais, alcançando 90,8%. Durante todo o mês, a média registrada foi de 87,8% de presença em sala.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

“Nós estamos muito felizes com o resultado alcançado. Em um mês de programa, aumentamos em 40 mil as presenças registradas, isso significa que 40 mil alunos a mais foram para a sala de aula. O grande diferencial do Presente na Escola foi integrar vários recursos e atores para garantir a permanência dos estudantes na escola, que é uma das principais metas do Governo do Paraná””, avaliou o secretário estadual da Educação, Renato Feder.

Em 2018, de acordo com dados da Secretaria, 8,23% dos adolescentes matriculados no Ensino Médio Regular desistiram de estudar. No Ensino Fundamental, foram 2,04% dos estudantes. Diante desse cenário, o programa veio preencher uma lacuna de acompanhamento pedagógico na rede estadual, vez que permite o monitoramento diário das ausências, por instituição de ensino, e a elaboração de ações conjuntas da Secretaria da Educação e das equipes pedagógicas das escolas, a fim de reverter o quadro.

 

Boas práticas

Uma das estratégias do Presente na Escola consiste na identificação de boas práticas na manutenção da alta presença em sala de aula e no combate ao abandono escolar, para que sejam compartilhadas com toda a rede de ensino.

No Colégio Estadual Yvone Pimentel, em Curitiba, a frequência média até o momento chega a 91%. Uma das boas práticas da escola são as catracas biométricas instaladas na instituição.

Diretora da instituição, Adriana Kampa explica que o sistema permitiu uma divisão da responsabilidade entre escola e família no tocante à presença do aluno no colégio. Isso porque os pais podem acessar no celular, em tempo real, tanto as informações a respeito da entrada e saída dos filhos, via aplicativo associado às catracas, quanto do comparecimento em sala, registrado por meio de chamada.

“Com a catraca há o registro de tudo: o dia em que o estudante não veio, em que chegou atrasado, etc. Ficou muito mais difícil para o aluno faltar e mais seguro para a família saber onde ele está”, diz a diretora do colégio, que tem cerca de 1,8 mil alunos, divididos em três turnos.

 

Presente na escola

Lançado em maio de 2019, o programa reúne uma série de estratégias de acompanhamento de frequência e combate ao abandono escolar. As ações vão desde o monitoramento da frequência até a articulação com a rede de proteção.

O Presente na Escola funciona de maneira integrada com os aplicativos Registro de Classe, que permite ao professor fazer a chamada off-line pelo celular, e Escola Paraná, pelo qual os pais ou responsáveis conseguem acompanhar diariamente a frequência dos alunos.

Se necessário, é realizada, com o apoio dos Núcleos Regionais de Educação, a busca ativa do estudante, a fim de identificar o motivo do abandono escolar. Caso necessário, o Conselho Tutelar e a rede de proteção são acionados.

 

Com AEN

TOPO