Fale com a gente

Paraná Rede elétrica

Copel ultrapassa a marca de 720 mil medidores inteligentes instalados no Paraná

Ação faz parte do programa Rede Elétrica Inteligente e já abrange residências e comércio de 91 municípios

Publicado

em

(Foto: Copel)

A Copel atingiu um marco significativo no avanço da tecnologia de medição elétrica, com a instalação bem-sucedida de mais de 720 mil medidores inteligentes em residências e estabelecimentos comerciais de 91 municípios do Paraná. A ação, que não representa custo adicional para os consumidores, faz parte do programa Rede Elétrica Inteligente, um dos maiores programas de modernização da rede de distribuição da América Latina, que está ampliando a eficiência no fornecimento de energia e criando o cenário ideal para a consolidação das cidades inteligentes.

A troca dos medidores convencionais por medidores inteligentes, que transmitem sinais diretamente para as centrais da Copel, está acontecendo em três fases. A primeira fase do programa na região Sudoeste do Paraná está próxima da conclusão, com 469 mil medidores já conectados à central de operações da Copel.

A segunda fase abrangeu 253 mil medidores em 20 dos 28 municípios previstos nas regiões Centro-Sul e Metropolitana de Curitiba. Recentemente, os municípios de Araucária, Contenda e Fazenda Rio Grande foram finalizados. Na última semana, os trabalhos iniciaram em Balsa Nova e Campo do Tenente. Em maio, será a vez de Imbituva, Fernandes Pinheiro, Guamiranga, Porto Amazonas, São João do Triunfo e Rebouças.

A terceira fase tem previsão de iniciar na última semana de maio em Cascavel e, na sequência, em Santa Tereza do Oeste, para a seguir abranger mais 48 municípios do Oeste do Paraná.

“Estamos levando para cada nova fase do programa todo o conhecimento e a experiência que adquirimos na primeira fase, o que está trazendo mais agilidade às instalações e ao trabalho com os fornecedores”, afirma o superintendente de Smart Grid e Projetos Especiais da Copel, Julio Omori.

O investimento previsto para as três primeiras fases do programa, abrangendo toda a região Sul do Paraná, é de aproximadamente R$ 820 milhões. Serão 1,6 milhão de medidores no total.

Benefícios

Com os medidores inteligentes, no caso de falta de energia, a Copel pode identificar automaticamente a extensão do desligamento e localizar o ponto de origem da interrupção com mais precisão, permitindo o restabelecimento mais ágil do fornecimento para os domicílios afetados.

A modernização dos medidores é acompanhada de investimentos de automação na rede da distribuidora, formando um conjunto que permite ao consumidor acompanhar o consumo em tempo real por meio do aplicativo da Copel para celulares – onde também é possível solicitar serviços, acompanhar débitos e recuperar informações para pagamento de contas atrasadas, entre outras funcionalidades.

Dado que o medidor inteligente elimina a necessidade de visitas mensais para leitura do consumo, a Copel também incentiva o cadastro para o recebimento das faturas de luz por e-mail, reduzindo o uso de papel. A fatura digital apresenta outras vantagens, como a prevenção de extravios. Ela serve normalmente como comprovante de endereço, assim como as faturas impressas.

Troca

A troca do medidor leva em média 30 minutos, período em que é necessário desligar a unidade consumidora. O serviço não tem custo para o cliente, e é realizado exclusivamente na entrada de serviço, onde o medidor de energia está instalado. Na fase 2 a empresa responsável pela instalação dos medidores é a Eleng e na fase 3 é a Eletromil. Todos os profissionais estão devidamente identificados e têm uma carta de apresentação emitida pela Copel.

Com Agência de Notícias do Estado do Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente