Copagril
Paraná Alternativas de passeio

De leste a oeste, Paraná tem várias opções de turismo “animal”. Veja quais

Fotos: Divulgação

Maiores, menores, mais abertos… De leste a oeste, Paraná conta com vários lugares para ver animais nativos e exóticos. Tem até local para fazer safári

 

Zoo de Curitiba

Casa do Eletricista PISCINAS

Foto: Divulgação 

Localização: Curitiba/São José dos Pinhais

Aberto em 1982, dentro do Parque Regional do Iguaçu, passou a abrigar animais maiores que estavam no Passeio Público, em Curitiba. Entre os bichos de grande porte, há uma girafa – um dos xodós do local –, hipopótamos, leões, tigres (que recentemente ganharam um recinto novo), camelos, cervos, antílopes, zebra e antas. Lá também está o famoso jacaré que vivia no Parque Barigui. O espaço de 530 mil m² 2 ainda tem centenas de espécies de aves. Nos lagos há aves migratórias e a mata abriga animais nativos de vida livre. A entrada é liberada.

 

Passeio Público

Foto: Divulgação 

Localização: Curitiba

Inaugurado em 1886, já foi o grande jardim zoológico de Curitiba. Até o começo dos anos 80, tinha leões, ursos, tigres, onças e uma onça-preta – apelidada de “Pelé”. Em 1982, os animais grandes foram realocados para o recém-aberto Zoológico no Parque do Iguaçu. Mas o espaço no Centro da Capital, de 69 mil m², ainda conta com pássaros de pequeno e grande porte (como flamingos), macacos, serpentes e lagartos, além de um aquário com 30 variedades de peixes de rios e ornamentais da região amazônica e da África. A entrada é livre.

 

Aquário de Paranaguá

Foto: Divulgação 

Localização: Paranaguá

Dividido em 3 andares, o Aquário de Paranaguá possui quase 30 recintos e cerca de 200 animais de diversas espécies. Em sua maioria, são encontrados peixes do litoral paranaense. Mas também há animais exóticos, como o tubarão-bambu (encontrado na Ásia), diversas espécies de arraias, pinguins e até um jacaré. O espaço ainda conta com corais e outras formas de vida aquáticas. Foi inaugurado em janeiro de 2014. A visita custa R$ 20 para adultos, com meia entrada para crianças, idosos, estudantes e professores.

 

Parque das Aves

Foto: Divulgação 

Localização: Foz do Iguaçu

Criado em 1994, conta com 170 mil m² de mata nativa. A entrada fica próxima ao portal de entrada das Cataratas do Iguaçu. Como o nome diz, o Parque tem principalmente aves de pequeno e grande porte, como harpias, corujas e papagaios. Mas também tem jacarés, sucuris, jiboias e um borboletário. O destaque é o viveiro das araras. O visitante segue por uma passarela e tem a possibilidade de ver aves com bastante espaço para circulação em mata nativa. O ticket custa R$ 25, com meia-entrada para crianças e idosos.

 

Safari’s Farm

Foto: Divulgação 

Localização: Tibagi

O espaço é uma fazenda que possui vários animais soltos, que podem ser vistos em passeios em jipes, em clima de safári. No local há lhamas, cervos, antílopes e outros mamíferos herbívoros em liberdade – apenas os tigres, os leões e as aves ficam em jaulas. O bilhete para um dia custa R$ 75 (com almoço incluso) e R$ 25 (só a entrada). Outro diferencial é a possibilidade de hospedagem no local – a um valor de R$ 420 para um casal e R$ 120 pra crianças de até 12 anos, com pensão completa.

 

Zoo da Unisep

Foto: Divulgação 

Localização: Dois Vizinhos

O mais novo da lista: foi aberto em 19 de outubro de 2018. Fica em anexo ao Campus Dois Vizinhos da Unisep (União de Ensino do Sudoeste do Paraná) e está instalado em uma área de 363 mil m². Abriga 355 animais de 96 espécies – a maioria deles havia sido vítima de maus-tratos. A lista inclui felinos como tigres, leões, onças e puma, além de macacos, jacarés, antas, serpentes grandes e muitas aves. Os ingressos para adultos custam R$ 25, enquanto menores de 15 anos e maiores de 60 anos pagam R$ 15.

 

Parque do Ingá

Foto: Divulgação 

Localização: Maringá

Em reserva florestal de 473 mil m², mantida desde o traçado inicial da cidade, foi inaugurado o Parque do Ingá, em 1975. Um zoológico de maior porte foi desativado em 2007, mas o mini-zoológico que ficou ainda tem animais de pequeno porte da fauna local, como capivaras, macaco-prego, sagui, pavões e uma jaguatirica. O mini-zoo é apenas um dos atrativos. O espaço ainda abriga o Jardim Imperial Japonês construído em 1978 em homenagem ao Imperador Akihito e sua esposa Imperatriz Michico. Entrada livre.

 

Zoológico Municipal Danilo José Galafassi

Foto: Divulgação 

Localização: Cascavel

Criado em 23 de julho de 1976, para preservar espécies da flora e fauna, bem como as principais nascentes do Rio Cascavel, o espaço virou um zoológico, inaugurado em 1978. Seus 179.100 m² de área concentram 37 espécies de aves, 23 espécies de mamíferos e oito répteis. Um dos animais mais famosos é o tigre, que em 2014 acidentalmente feriu uma criança que colocou o braço dentro da jaula. Recentemente o espaço passou por uma remodelação e ganhou novas trilhas e um novo serpentário. Não cobra ingresso.

 

Com Bem Paraná 

TOPO