Paraná Programa Vigia

Equipamentos de radiocomunicação começam a ser instalados na fronteira com o Paraguai

(Fotos: Rádio Cultura Foz)

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), iniciou na quinta-feira (14), a instalação de equipamentos de radiocomunicação em uma das fronteiras mais extensas do país: a do estado do Paraná. O reforço faz parte do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas – o VIGIA, que desde abril de 2019 atua no combate ao crime organizado nas regiões fronteiriças brasileiras.

Com um investimento de R$ 13 milhões, oriundos de patrimônios apreendidos do tráfico de drogas e leiloados pela Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), o novo sistema de comunicação proporcionará uma melhor dinâmica, segurança e rapidez para que – agentes de segurança que atuam região no âmbito da Operação Hórus -, impeçam a entrada de armas, munições, drogas e cigarros contrabandeados no Brasil.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

De acordo com o coordenador geral de fronteiras da Seopi/MJSP, Eduardo Bettini, o ganho para as instituições de segurança pública – estaduais e federais -, é imensurável. “As obras iniciarão pelo município de Querência do Norte e, em até 3 meses, serão instaladas nas cidades de Altônia, Terra Roxa, São José das Palmeiras, Matelândia e Foz do Iguaçu. Este sistema proporcionará a comunicação e interoperabilidade de excelência entre diversos agentes de segurança pública que atuam na região”, explica.

    

Com Rádio Cultura Foz

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO