Copagril
Paraná Destaque estadual

Estudante rondonense conquista premiação em concurso do Sesc-PR

Letícia Eduarda Defreyn da Silva: “O meu nome, o nome do meu professor e da minha escola para sempre serão lembrados porque estarão impressos num cartão postal” (Fotos: Divulgação)

 

Com o título “Entre lendas do Paraná”, o Sesc-PR realizou no decorrer do ano de 2018 a 1ª edição de um concurso cultural visando o resgate de lendas e contos populares do Paraná. Sob a forma de ilustrações, a seleção se propôs a incentivar a valorização de aspectos culturais, selecionando ilustrações de lendas, contos e mitos próprios do Estado, produzidas por alunos matriculados na rede pública de ensino.

O concurso contou com três categorias, sendo Fundamental I (até 5º ano), Fundamental II (6º ao 9º ano) e Ensino Médio. De cada categoria foi feita a seleção das 30 melhores ilustrações, as quais serão impressas em cartões postais produzidos pelo Sesc-PR.
Letícia Eduarda Defreyn da Silva, aluna do 5º ano da Escola Municipal Antonio Rockenbach, de Marechal Cândido Rondon, sob orientação do professor Mauri Gilberto Merten, teve seu trabalho selecionado entre os 7.153 participantes. Como premiação, a rondonense recebeu um troféu e terá sua produção impressa sob a forma de cartão postal.

Casa do Eletricista SORTEIO DE VERÃO

A solenidade de entrega ocorreu no último dia 10, no Sesc Marechal, e contou com o presença da responsável pelo Departamento Técnico da Educação, Angélica Cristina Henick, e do gerente da unidade, Carlos Cremonini, da secretária municipal de Educação, Márcia da Mota, assessora Keli Theobald, além de professores e familiares.

Letícia diz ser grata em receber tal reconhecimento. “O professor sempre dizia que tínhamos que deixar um legado, uma marca boa, que sempre fosse lembrado. E eu acho que consegui. O meu nome, o nome do meu professor e da minha escola para sempre serão lembrados porque estarão impressos num cartão postal”, declarou.

O professor, por sua vez, ressalta que ter a produção de um aluno reconhecida em nível estadual, selecionada dentre mais de sete mil ilustrações, é extremamente gratificante. “A Letícia é uma menina muito talentosa, muito dedicada, e o reconhecimento aqui está”, enalteceu Merten.

Sobre o tema escolhido, ele menciona que optou por contos, mitos e lendas menos populares. “Lenda das Cataratas, de Vila Velha, da Araucária e da Gralha Azul são populares no Estado e amplamente explorados nas escolas. Por tal motivo, optamos por outros, menos conhecidos, mas não menos valiosos no âmbito da cultura paranaense. Exploramos, por exemplo, A Lenda da Mulher Coruja, o Homem Boi, o Sete Orelhas, Os Dois Cavaleiros e O Diabo de Capanema. Este, aliás, foi o tema premiado”, expõe, acrescentando. “As produções dos alunos foram extraordinárias. Inicialmente o conto ‘O Diabo de Capanema’ causou um certo receio, mas explorado adequadamente, os alunos se engajaram e demonstraram produções maravilhosas. Foi realmente difícil fazer a pré-seleção na escola, mas enfatizamos muito a riqueza de detalhes, e nisso a Letícia se destacou. Essa riqueza de detalhes certamente também foi primordial para ser selecionada à premiação como uma das melhores do Paraná”.

 

Registro da entrega da premiação, ocorrida no Sesc Marechal

 

TOPO