Copagril
Paraná Melhorias nas atividades

Ouvidores se reúnem na Saúde para qualificação das regionais

(Foto:Andressa Desyreé)

A Ouvidoria Geral do Estado capacitou na terça e quarta-feira (09 e 10) os 22 ouvidores regionais de saúde em encontro no auditório da Secretaria de Estado da Saúde. A Ouvidoria Geral de Saúde (SUS/PR) é um mecanismo institucional de participação social onde a população, usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), participa da gestão através de reclamações, denúncias, críticas, sugestões e elogios.

O objetivo principal deste departamento é o aperfeiçoamento da qualidade e eficácia das ações e serviços prestados pelo SUS.

Casa do Eletricista LORENZETTI

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, foi o primeiro ouvidor-geral do SUS no País. Ele falou sobre a importância das ouvidorias com essa qualificação. “Esses dois dias foram de muito trabalho para a equipe da Ouvidoria Geral e todos os ouvidores das 22 regionais”, disse. Segundo ele, esses 22 serviços de ouvidoria das regionais vão funcionar como mola propulsora para que se possa chegar aos hospitais, aos prestadores de serviço, aos consórcios de saúde, aos hospitais públicos, aos hospitais privados filantrópicos e todos aqueles que prestam serviço de alguma forma para o Sistema Único de Saúde.

A proposta para essa gestão é a qualificação das ouvidorias. Atualmente o Paraná conta com uma rede de aproximadamente 524 ouvidorias do SUS (ouvidorias regionais, ouvidorias dos hospitais próprios e unidades próprias, e também de hospitais contratualizados).

Tendo em vista que dentre os 399 municípios que compõe o Estado, cada um conta com ao menos uma ouvidoria, se faz necessário a qualificação desses profissionais para padronizar e regulamentar o serviço, visando a excelência e a melhoria do atendimento a população, afirmou o secretário.

“A gestão da Secretaria acredita muito que a ouvidoria é um canal importante para que possamos atender a demanda principal que é entregar um serviço de qualidade para a sociedade”, disse o diretor-geral da Secretaria, Nestor Werner Junior, que participou do evento.

A proposta de qualificação nas regionais de saúde são as reuniões técnicas dos ouvidores regionais com os ouvidores de sua abrangência. Ainda este ano, estão programadas quatro reuniões macro-regionais que ocorrerão entre setembro e outubro, e o 2º Encontro Estadual de Saúde, que será em novembro.

“Esse trabalho é muito importante, não é um trabalho fácil. Nós trazemos essa qualificação para fortalecer a base das ouvidorias e reforçar a melhoria no serviço prestado à população”, diz o ouvidor-geral da saúde da Secretaria, Yohan Garcia de Souza.

Os ouvidores das regionais de saúde foram orientados para que possam levar o conhecimento obtido e trabalhar essa qualificação com os ouvidores de sua abrangência.

Também participaram do evento toda a equipe de nível central da Ouvidoria Geral e a ouvidora da Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná (Funeas), Ariete Perussi.

 

Com AEN

TOPO