Paraná Proporcionalmente à população

Paraná tem menor taxa de crescimento da Covid-19 no Brasil, diz pesquisa

(Foto: Reprodução/RPC TV)

Uma pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), em Curitiba, apontou que o Paraná é o estado com a menor taxa de crescimento do novo coronavírus no Brasil.

Conforme os pesquisadores do grupo de epidemiologia da PUC, a análise leva em consideração os números de casos da doença, proporcionalmente ao número de habitantes de cada estado do país.

Casa do Eletricista – RETOMA

O resultado apresentado tem como base os dados do Ministério da Saúde, analisados desde março de 2020, e foram atualizados na sexta-feira (22), segundo a Universidade.

“Nós ainda vamos entrar nessa parte da análise, no que está impactando em todos os resultados. Seja nos bons resultados daqui, seja nos maus resultados nos estados do norte e do nordeste”, disse o coordenador do estudo José Rocha Faria.

Segundo o boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), deste sábado (23), o Paraná tem 3.099 casos confirmados do novo coronavírus e 150 pessoas morreram vítimas da Covid-19.

 

DADOS

De acordo com a pesquisa, levando em conta o número de casos da Covid-19 para cada cem mil habitantes, o Paraná chegou a ficar entre os cinco estados com mais registros da doença por habitante. Entretanto, atualmente, é o estado que tem o menor número de casos da Covid-19 proporcionalmente à população, ou seja, tem 25,7 casos para cada 100 mil habitantes.

Os números apresentam uma diferença significativa para o Amapá, líder do ranking, que tem 668.65 casos para cada 100 mil pessoas.

Outra análise da pesquisa leva em conta o número de mortes pelo novo coronavírus para cada 100 mil habitantes. Nesse caso, o Paraná é um dos cinco estados brasileiros que menos registraram mortes pela Covid-19 proporcionalmente à população, ou seja, tem 1,28 óbito para cada 100 mil pessoas.

Nesse ponto quem lidera é o Amazonas, com um índice de 40.27 mortes para cada cem mil habitantes, segundo o estudo.

Conforme o coordenador da pesquisa, os números são bons indicadores de que as ações de combate à Covid-19 no Paraná têm dado certo, mas isso não significa que a doença está controlada. Por isso, essas medidas não podem ser abandonadas agora.

“É fundamental que se mantenha o estado de alerta na questão de distanciamento social. Esta semana nós temos uma semana bastante crítica diante do que vai acontecer, uma vez que alguns estabelecimentos, como shoppings centers, bares e restaurantes devem voltar as atividades”.

 

Com RPC TV

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO