Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Paraná Estiagem

Paraná usa tecnologia para conscientizar sobre uso racional da água

(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O Governo do Estado aposta na tecnologia para ajudar na conscientização da população em relação à importância da economia de água neste momento de grave estiagem pelo qual o Paraná passa. Como forma de ampliar a divulgação das orientações, A Coordenação Estadual de Defesa Civil e a Sanepar estão enviando mensagens de texto (SMS) para o celular das pessoas com alertas sobre falta d´água, orientações e dicas de uso racional.

De acordo com o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), o Estado atravessa o período de estiagem mais severo dos últimos 50 anos. Região Metropolitana de Curitiba, Norte Pioneiro, Oeste e o Noroeste são as regiões mais atingidas pela falta de chuva.

Casa do Eletricista – TORNEIRA PINGANDO

A Defesa Civil Estadual aumentou os serviços oferecidos aos paranaenses para ajudar na conscientização. Além dos avisos climáticos, o órgão passou a encaminhar por SMS dicas de como economizar e também de reuso da água. “Aproveite a água da lavagem de roupas para lavar a área do seu animal de estimação. Economize água”, diz o texto enviado na quinta-feira (28).

Segundo o órgão, os informes são disparados semanalmente para a base de cerca de 500 mil pessoas cadastradas. O serviço é gratuito e está disponível para os 399 municípios paranaenses.

“É uma ferramenta para colaborar com a economia de água neste momento de estiagem. Quanto mais a informação chegar à população, melhor será”, afirmou o coordenador estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Fernando Schunig.

Para receber os avisos basta enviar um SMS com o CEP de residência para o número 40199. A Defesa Civil responde a mensagem com uma confirmação do cadastro e envia alertas periódicos sobre situações que requerem atenção redobrada da população.

ORIENTAÇÕES

A companhia de saneamento, por sua vez, encaminha mensagens de texto com avisos de falta d´água, de normalização da distribuição e outras orientações aos clientes que cadastraram o telefone e autorizaram o envio das mensagens.

A atualização dos dados cadastrais pode ser feita no aplicativo Sanepar Mobile ou no site da empresa (na aba Clientes – Outros Serviços – Atualização Cadastral). Para qualquer acesso, o cliente precisa do número da matrícula do imóvel.

Atualmente cerca de dois milhões de clientes já estão cadastrados para receber avisos via telefone celular. “Precisamos do engajamento da população para obter sucesso nesta batalha. Criar uma cultura de que a água é importante, do uso racional da água não só nos momentos emergenciais”, disse o diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Julio Gonchorosky.

RACIONAL

A orientação é que os moradores façam uso racional da água, atentando para hábitos de higiene, principalmente para a prevenção do coronavírus. A prioridade deve ser alimentação e higiene pessoal. Outras atividades, como lavar carros, calçadas, regar jardins, devem ser adiadas para quando passar o período de estiagem.

NEGATIVO

Em abril o índice de precipitação ficou negativo em praticamente todas as cidades paranaenses, com destaque para a região de Cascavel e do Litoral, com déficit superior a 100 mm. Na Região Metropolitana de Curitiba também choveu pouco. Na capital, o acumulado foi de 15,6 mm, segundo mês consecutivo com valores abaixo dos 20 mm. O levantamento de maio ainda não está fechado.

Em algumas localidades do Sul, Sudoeste e Noroeste paranaense a chuva ultrapassou os 60 mm, mas ainda assim ficou abaixo das médias históricas para o período.

 

As dicas da Sanepar para economizar água

Neste período atividades como lavar carros e calçadas devem ser evitadas. Outras dicas são:

• Reduza a lavagem diária de roupa. Acumule e use a capacidade máxima da máquina de lavar.

• A água do último enxágue do tanque ou da máquina pode servir para regar jardim e grama, ensaboar tapetes, tênis e outras peças.

• A água do tanque ou da máquina em que foi lavada a roupa serve para lavar calçadas e pisos. Lembre-se: lavar as calçadas com a mangueira é desperdiçar água tratada. Para “varrer” a sujeira, use a vassoura.

• Feche a cuba da pia, deixando um pouco de água. Ensaboe toda a louça e enxágue com água limpa. Não deixe a torneira aberta durante todo o tempo.

• Cinco minutos de chuveiro consomem 70 litros de água. Reduzir o tempo do banho faz muita diferença na conta.

• Reduza o tempo da torneira aberta enquanto escova os dentes, ensaboa as mãos ou faz a barba. Torneira aberta manda para o ralo 20 litros de água por minuto. Prefira vasos sanitários menores, que utilizam menos água para a descarga.

Com Agência Estadual de Notícias

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO