Copagril
Paraná Turismo

Parque das Aves celebra 25 anos de história

Foto: Divulgação
  • Anna-Luise, Anna-Sophie e Carmel. Fotos: Divulgação

  • Anna-Shophie, Anne-Louise, Carmel e Dennis Croukamp, julho 93. Fotos: Divulgação

  • Dennis em seu local preferido no Parque das Aves, o Viveiro Aves de Rios e Mangues, antigamente chamando de Pantanal. Fotos: Divulgação

  • Dr. Marinho durante a inauguração. Fotos: Divulgação

  • Equipe do Parque das Aves. Fotos: Divulgação

  • Estacionamento do Parque na inauguração. Fotos: Divulgação

Nesta segunda-feira (07), o Parque das Aves comemora 25 anos de existência. Referência internacional e sucesso de visitação, o Parque nasceu em 1994 a partir do sonho da alemã Anna-Sophie Helene e do sul-africano Dennis Croukamp em criar um parque de aves.

A paixão do casal por animais que habitam o céu tornou o local no maior parque de aves da América Latina e no atrativo mais visitado de Foz do Iguaçu depois das Cataratas, um dos destinos turísticos mais procurados do Brasil.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Nessas duas décadas e meia de história, mais de 9 milhões e 250 mil pessoas puderam conhecer o atrativo. Foram diversas mudanças e transformações ao longo dos anos, tendo sempre como foco o bem-estar das aves que habitam o Parque, ao mesmo tempo em que é oferecido ao visitante a melhor experiência possível de contato e aprendizado com a natureza.

Atualmente, 250 colaboradores trabalham no Parque das Aves, recebendo de braços abertos quase 1 milhão de visitantes por ano. “A equipe é nosso melhor ativo. Muitos deles são da nossa comunidade e estão conosco há muitos anos, enquanto outros são de diversas partes do Brasil e do mundo. Todos são muito bem preparados, os melhores profissionais em suas áreas. E o trabalho que desempenham é cheio de dedicação e garra”, conta Carmel Croukamp, diretora geral do atrativo e filha do casal fundador.

Carmel explica que desde que seus pais chegaram em Foz do Iguaçu, vindos do Reino Unido depois de morar muitos anos na Namíbia, África, foram sempre bem recepcionados pela comunidade iguaçuense. “Estamos em meio à Mata Atlântica, o que para nós é uma imensa honra, mas carregada de responsabilidade de garantir que nossos filhos tenham a possibilidade de ter um futuro. Por isso seguimos conservando a floresta e as aves que nela vivem, e somos gratos pelo apoio dos moradores de Foz”, conclui.

 

FESTA NO PARQUE

O dia 7 de outubro é uma data especial, que marca anos de cuidado e dedicação às aves. Nos bastidores, comenta-se que os colaboradores estão na contagem regressiva para a celebração da data. Todos terão um dia especial, com um café da manhã preparado especialmente para a equipe celebrar esse momento.

“De um atrativo fundado na década de 1990, com a ajuda de colaboradores e da comunidade, hoje somos o maior parque de aves da América Latina. Neste dia 7 de outubro completamos 25 anos cheios de razão para comemorar e de olho nas próximas décadas que virão”, finaliza Carmel.

 

A COMUNIDADE TAMBÉM GANHA

Todos os finais de semana do mês de setembro, e os dias 5 e 6 de outubro, os moradores da cidade de Foz do Iguaçu tiveram gratuidade para visitar o atrativo. Milhares de iguaçuenses aproveitaram para visitar o Parque das Aves, gente que mesmo morando perto, não conhecia o trabalho desenvolvido no atrativo.

“É o nosso momento de comemorar com nossos vizinhos, em clima de festa, eles foram nossos convidados de honra para participar nesta data tão especial”, diz Carmel.

 

Com assessoria

TOPO