Copagril – Sou agro com orgulho
Paraná Necessidade da maioria

Presidente da comissão de agricultura apela ao governo para manter a Tarifa Rural Noturna

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Na condição de presidente da Comissão de Agricultura e Pecuária da Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado Anibelli Neto (MDB) foi à tribuna virtual da sessão matutina desta quarta-feira (2) para fazer um apelo ao governador Carlos Massa Ratinho Junior para manter a Tarifa Rural Noturna.

Em março, antes do início da pandemia de covid-19, o deputado havia apresentado um pedido de informações à Secretaria da Agricultura sobre os agropecuaristas beneficiados pelo programa.

Casa do Eletricista – Temporizador Jardim

Segundo a resposta da SEFA, são cerca de 12 mil produtores rurais que recebem a isenção de cobrança do ICMS por categoria de consumo. A maioria – 8807 – recebe até 2 mil kw/hora; 1267 recebem entre 2,1 mil kw/hora e 4 mil kw/hora; e 546 recebem acima de 4,1 kw/hora.

Segundo o deputado essa isenção representa pouco para a Copel, cerca de 3%, até por isso defende que o governo mantenha a Tarifa Rural Noturna. Anibelli Neto concorda que existem alguns produtores que não precisam receber a isenção. Informações que lhe chegam a mão dão conta de que chegam a economizar até R$ 9 mil por mês. O deputado questiona por que não eliminar os excessos e manter a isenção até porque – afirma – a maioria precisa desse incentivo”.

Anibelli Neto acredita na “sensibilidade” do governador do Estado lembrando que, recentemente, recusou o aumento do ICMS dos refrigerantes. “Esta questão não tem a ver com o mercado, mas dar condições das famílias continuarem trabalhando para sobreviver. É preciso tratar desigual os desiguais”, afirmou.

 

Com Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO