Ecoville – Maior rede de limpeza
Paraná Pontal do Paraná

Reconstituição esclarece como aconteceu morte de youtuber Isabelly

Pontos que ainda estavam nebulosos sobre o que aconteceu na madrugada do dia 14 de fevereiro foram esclarecidos durante a reconstituição do crime que matou a youtuber Isabelly Cristine Santos, de 14 anos. O trabalho foi realizado na PR-412, em Pontal do Paraná, na manhã desta quinta-feira (22).

Policiais, suspeitos de cometer o crime e familiares da vítima participaram da reconstituição que durou duas horas. O trajeto dos dois carros envolvidos na situação foi refeito, bem como medições em todo o local.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

O delegado coordenador da Operação Verão no Litoral do Paraná, Miguel Stadler, destacou que a reconstituição permitiu levantar “as circunstâncias que levaram a esse fato e a participação de todos os envolvidos”. Ele ainda avaliou o trabalho como “a contento”.

De acordo com Stadler, foi possível esclarecer como aconteceu o incidente entre os dois veículos, o posicionamento dos carros, a distância em que eles estavam, bem como momento em que começaram e terminaram os tiros. “Também com relação ao veículo em que estava a vítima. Se houve ou não derrapagem, se houve essa manobra”, disse. “Todas essas indagações terão a resposta”.

Os policiais identificaram que os disparos foram realizados a uma distância de 80 metros entre os dois veículos e na direção do carro em que estava Isabelly.

Os dados detalhados, porém, só serão divulgados depois que o laudo estiver concluído – inclusive como aconteceu o incidente entre os dois veículos. As informações levantadas durante a reconstituição serão acrescentadas ao inquérito policial, que já está perto de ser concluído e deve encaminhado para a Justiça ainda nesta semana.

 

Movimento

Durante a reconstituição, a rodovia foi interditada para o fluxo de veículos. Cerca de 50 policiais participaram do trabalho, que reuniu também dezenas de curiosos.

Foto: João Carlos Frigério

 

Advogados comentam

Os advogados que representam a família de Isabelly e os envolvidos no crime acompanharam a reconstituição e destacaram pontos diferentes em relação à situação.

“Ficou estabelecido que quem precipitou essa tragédia toda foi o motorista do Palio”, disse o advogado de defesa dos suspeitos, Claudio Dalledone Jr. Ele argumenta que o comportamento do motorista do carro em que estava Isabelly fez com que os irmãos Vargas atirassem. “Foi um erro e que se justifica justamente pela forma violenta em que ele [motorista do Palio] vinha dirigindo, fazendo desse carro uma arma, um instrumento de intimidação”, comentou.

Já advogado que representa a família da youtuber, Elias Mattar Assad, divulgou uma nota sobre a situação, em que indica que ficou evidenciado “ingestão de bebida alcóolica pelos investigados; porte ilegal de arma de fogo; deflagração de disparos injustificáveis, pelas circunstâncias e distância; morte da vítima”. “A Delegada de Polícia Vanessa Alice, deverá relatar o inquérito nos próximos dias e o Ministério Público ofertar denúncia por homicídio qualificado por motivo fútil, da competência do tribunal do júri”, diz o texto.

 

Com informações João Frigério/Massa News

TOPO