Paraná Informe epidemiológico

Saúde reforça importância da vacinação contra o sarampo

(Foto: José Fernando Ogura/AEN)

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou um novo informe epidemiológico do sarampo nesta quinta-feira (7). São 3.415 casos notificados de sarampo desde o início do surto no Paraná, em agosto de 2019. No informe constam ainda 1.081 confirmados, 1.750 em investigação e 584 descartados.

O número aumentou em 30 casos no comparativo da semana passada, mas não são novos. São de amostras coletadas em períodos anteriores e que estavam em processamento no Laboratório Central do Paraná.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Na última semana também não houve notificação de novos casos de sarampo no Paraná. Mas mesmo com a redução da transmissão, a Secretaria da Saúde recomenda a vacinação.

“Precisamos de muitos vacinados, preferencialmente de todos os jovens que foram o público mais contaminado. A vacinação está ocorrendo de forma organizada para que possamos eliminar o sarampo novamente no nosso Estado”, reforça o secretário da Saúde, Beto Preto.

 

CAMPANHA

A campanha nacional de vacinação, que começou em fevereiro e segue até 30 de julho tem como foco a imunização do público de 20 a 49 anos. A vacinação para esta faixa é indiscriminada e, para evitar aglomerações nos postos de saúde, a Secretaria da Saúde recomenda e apoia as secretarias municipais em atividades de imunização em locais mais amplos, como empresas e escolas.

 

PARCERIAS

A Secretaria Estadual, inclusive tem participado de várias estratégias de vacinação. Neste fim de semana, no sábado, dia 9, uma parceria da 6ª Regional de Saúde de União da Vitória e prefeitura de Porto Vitória, realizará a vacinação contra o sarampo em motoristas e caminhoneiros na faixa etária da campanha, de 20 a 49 anos. A atividade será no posto da Polícia Rodoviária.

Na terça-feira, dia 12, mais duas atividades estão marcadas: em São José dos Pinhais, com apoio da 2ª Regional de Saúde, Secretaria Municipal e postos Shell, acontecerá a vacinação de motoristas e caminhoneiros.

E em Guarapuava, a vacinação será para a população na faixa etária priorizada, em um ponto central da cidade, das 10 às 15 horas, com apoio da 5ª Regional de Saúde, Secretaria Municipal e Conselho Regional de Enfermagem.

Na quarta-feira, dia 13, mais uma parceria entre Serviço Social do Transporte, Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, 2ª Regional de Saúde e Secretaria Municipal de Curitiba, vai oferecer a vacina para motoristas da região Metropolitana. Será na sede do Sest/Senat, em Curitiba.

 

Com Agência de Notícias do Estado do Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO