Paraná Primeiro compromisso

Stamm toma posse e já cumpre agenda como diretor-geral de Itaipu

Foto: Divulgação/Itaipu

Já empossado em sua nova função, o advogado Marcos Vitório Stamm cumpre seu primeiro compromisso externo como diretor-geral brasileiro da Itaipu nesta segunda (16) e terça-feira (17), na Argentina. Ele participa da 162ª Reunião Ordinária do Grupo de Trabalho Itaipu-Saúde (GT Itaipu-Saúde) em Posadas, capital do Departamento de Misiones, que faz fronteira com Foz do Iguaçu (PR).

O encontro vai reunir várias autoridades da área de saúde. A ideia é apresentar as experiências do GT Itaipu-Saúde – que atua na tríplice fronteira – e debater a possibilidade de criar naquela região um grupo similar ao liderado pela Itaipu. Assim como Foz do Iguaçu, onde fica a usina, Posadas (AR) também faz divisa com o Paraguai. Uma ponte internacional conecta o município a Encarnacíon (PY). A localidade, a cerca de 300 km de Foz, é área de influência da hidrelétrica binacional de Yacyretá, cujos sócios são o Paraguai e a Argentina.

Na Diretoria Financeira Executiva de Itaipu, onde permaneceu por pouco mais de um ano, até sexta-feira (13), Stamm esteve à frente do GT Itaipu-Saúde pelo lado brasileiro da empresa. Com ele, vários programas tiveram grandes avanços e foram ampliados para toda a região Oeste do Paraná, especialmente os relacionados à saúde – como o próprio GT – à educação financeira.

 

Posse

Nesta sexta-feira Stamm tomou posse como diretor-geral brasileiro numa solenidade protocolar interna de assinatura do livro de autoridades, na sede da Itaipu em Curitiba. Numa outra data, ainda sem definição, haverá a cerimônia de transmissão de cargo entre o ex-diretor-geral brasileiro, Luiz Fernando Leone Vianna, e o seu sucessor.

Bastante emocionado, Stamm agradeceu a confiança do presidente Michel Temer pela nomeação publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União. “Falava com o Vianna que ele tinha uma grande responsabilidade de substituir o [Jorge] Samek que, por sua vez, deixou um legado importante na Itaipu. Agora eu tenho uma dupla responsabilidade, a de substituir o Samek e o Vianna, que também deixou sua marca na empresa”, disse o novo diretor.

 

Com informações de Itaipu

TOPO