Ford Ranger e Ecosport Set/2020
Copagril – Compras no Site
Poder Legislativo Profissionais necessários

Arion solicita farmacêuticos para postos de saúde dos distritos

(Foto: Cristiano Viteck)

O vereador Arion Nasihgil requereu à Secretaria Municipal de Saúde que contrate imediatamente farmacêuticos para atuarem nas unidades de saúde dos distritos de Marechal Cândido Rondon. Eles são necessários para a dispensação de medicamentos controlados, como antibióticos e remédios de uso permanente, conforme determina a legislação.

De acordo com Arion, atualmente observa-se a ausência destes profissionais em praticamente todas as unidades de saúde. Essa situação, inclusive, já foi informada por ele ao Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF-PR), para que fossem tomadas as medidas necessárias quando constatada qualquer irregularidade.

Casa do Eletricista – GENCO

“Na prática, verifica-se que mesmo sem a presença dos farmacêuticos, a dispensação de medicamentos comuns tem ocorrido normalmente, sob a supervisão dos enfermeiros. Assim, como todas as unidades de saúde do Município contam com farmácia privativa, os pacientes atendidos conseguem obter o medicamento prescrito ali mesmo, caso esteja disponível. Contudo, em razão da ausência de profissionais especializados nessas unidades, medicamentos sujeitos a controle especial não podem ser entregues aos pacientes, que para sua obtenção devem ir até a Farmácia Básica, na sede municipal”, esclarece.

Arion sugere que, na impossibilidade de contratação de novos profissionais farmacêuticos, o Executivo Municipal realize estudos técnicos e jurídicos visando a implantação de dispensação virtual nestas unidades, o que permitiria que farmacêuticos, à distância, autorizassem a entrega dos fármacos quando necessários.

Outro requerimento do vereador é um pedido de informações à administração municipal, referente ao Projeto Horta Orgânica, que é desenvolvido pelo Centro de Atendimento à Família (CAF) de Marechal Cândido Rondon.

Arion cita que o projeto já foi referência regional no cultivo de alimentos agroecológicos, tanto que em 2016 foi destaque ao atender a Meta de Segurança Alimentar e Nutricional para a Política de Assistência Social. Naquele local, com aproximadamente 4 mil m², por muito tempo foi desenvolvido um projeto de cultivo hortaliças para abastecimento dos programas alimentares.

Porém, segundo vereador, desde o início do ano representantes do CAF alertam que o local não está recebendo os devidos cuidados.

“Em razão da pandemia do COVID-19, ao que parece, o espaço está ainda mais inutilizado, enquanto poderia estar sendo mantido ao menos para integrar famílias carentes no cultivo de alimentos agroecológicos, tanto para consumo próprio como para a venda e obtenção de renda extra, o que durante um bom tempo foi realizado com moradores do Minha Casa Minha Vida do Residencial Recanto Feliz”, informa.

Diante isso, Arion pede que seja enviado à Câmara relatório pormenorizado sobre a situação atual do projeto e das atividades realizadas.

Já em indicação, ele propõe à Secretaria de Saúde que divulgue diariamente o número de casos de dengue no município, através de boletim nas páginas oficiais da Prefeitura na internet, dando ampla publicidade sobre a quantidade de casos, o que colaborará para a conscientização e prevenção contra o mosquito Aedes aegypti.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO