Ecoville – Maior rede de limpeza
Ford Show Rural
Poder Legislativo Saúde

Pohl requer atendimento mais humanizado aos pacientes em espera na UPA

(Foto: Cristiano Viteck)

Em indicação apresentada ontem (10), o vereador Ronaldo Pohl sugere à Secretaria de Saúde de Marechal Cândido Rondon que disponibilize enfermeiros devidamente treinados para receber pacientes que procuram atendimento na UPA Dr. Edgar Netzel. “O objetivo é sempre oferecer um atendimento humanizado aos rondonenses que necessitam de alguma ajuda”, declara.

Conforme Ronaldo Pohl, do ponto de vista médico há outras circunstâncias que validam o tempo de espera e os demais trâmites para o atendimento do paciente. Mas, ele ressalva que o paciente não entende e nem deve entender dessa forma. “Os pacientes chegam até o serviço público assustados, doloridos e dependentes de uma atenção humanizada, que por vezes, não ocorre”, lamenta.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

O vereador afirma não questionar os aspectos técnicos do atendimento. “O Município conta com um corpo técnico de primeira qualidade. O que se pede é que o cidadão rondonense tenha um atendimento humanizado”, reforça.

Em outra indicação, Pohl solicita à Secretaria Municipal de Agricultura e Política Ambiental que realize poda drástica nas árvores da Rua Rosalino Bellé, no Loteamento Bem-Te-Vi, e no bairro São Lucas. A justificativa é que muitas árvores estão cobrindo os postes de iluminação pública, impedindo a correta iluminação.

Para a mesma Secretaria, o vereador ainda sugere que ela execute a limpeza nas margens das ruas de acesso ao bairro São Francisco. “O matagal que margeia as vias públicas do bairro dificulta a visão, tanto de motoristas quanto de pedestres e ciclistas. Como forma de prevenção de acidentes, sugerimos que sejam tomadas as providências devidas”, afirma.

Em mais uma indicação, Pohl ainda propõe à Prefeitura a recuperação da pavimentação asfáltica das ruas do bairro Botafogo, já que são inúmeros buracos e imperfeições. Na opinião do vereador, uma operação tapa-buracos não resolveria o problema, mas sim uma nova camada asfáltica.

Já em requerimento, ele solicita informações do Poder Executivo Municipal a respeito do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Ele questiona sobre o número de pessoas na fila de atendimento; para onde os pacientes são encaminhados; a média mensal de atendimentos e encaminhamentos em relação às unidades básicas de saúde; e qual o critério para encaminhamento dos pacientes.

 

Com assessoria

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO