Copagril
Policial

Apreensão de brinquedos tende a aumentar

Divulgação
Brinquedos avaliados em R$ 85 mil estavam sob uma carga de gesso

Preços mais acessíveis e uma variedade enorme de opções são alguns dos atrativos que levam contrabandistas a mudar o ramo de atuação na proximidade do Dia Das Crianças. De acordo com a Receita Federal (RF) em Foz do Iguaçu, nos dias que antecedem a data, a exemplo do Natal, é comum uma tendência de aumento no número de apreensões de brinquedos.

Era quase 21 horas de terça-feira quando a Polícia Militar de Marechal Cândido Rondon apreendeu um Gol carregado de brinquedos. O carro foi abordado no Jardim Higienópolis, mas quando os policiais se aproximavam o condutor abandonou o veículo e fugiu por um matagal. No interior, foram constatadas várias caixas com brinquedos e embalagens para brinquedos contrabandeadas do Paraguai. A mercadoria foi entregue à Receita Federal.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Também na terça-feira, a RF apreendeu mais de R$ 85 mil em brinquedos diversos em um caminhão durante fiscalização no posto da Polícia Rodoviária Federal, em Santa Terezinha de Itaipu. A ação fez parte da operação Fronteira Blindada.

Os trabalhos foram iniciados no início da tarde e direcionados a veículos de carga. Diversos deles foram fiscalizados, entre os quais o caminhão Mercedes Benz de Francisco Beltrão. O motorista apresentou uma nota fiscal que indicava a existência de uma carga de produtos de gesso. No entanto, a nota continha como remetente uma empresa domiciliada em Francisco Beltrão e a empresa destinatária era de Cascavel, o que gerou fortes suspeitas, pois Foz do Iguaçu não se encontra na rota entre aquelas cidades.

Os servidores fizeram então uma verificação minuciosa no caminhão, sendo constatada a existência de um grande volume de brinquedos contrabandeados no compartimento de carga do veículo, embaixo da carga legal.

O caminhão foi levado à sede da Receita Federal em Foz do Iguaçu para fins de contagem das mercadorias e a elaboração dos respectivos autos de infração e aplicação da pena de perdimento. Ao final da contagem, os brinquedos somaram R$ 86 mil.

O motorista do caminhão, residente em Francisco Beltrão, disse que levaria a carga até Cascavel e que receberia R$ 2 mil pelo transporte. Ele estava acompanhado por um ajudante, também residente em Francisco Beltrão. Ambos foram presos em flagrante pelo crime de contrabando e descaminho. O ajudante já tinha registro de antecedentes criminais, também por contrabando e descaminho.

TOPO