Copagril
Policial Prestará depoimento

Caminhoneiro envolvido em acidente que matou três pessoas recebe alta

Foto: Reprodução/RPC TV

 

O motorista do caminhão que atingiu uma casa e matou três pessoas, em Ponta Grossa, recebeu alta do hospital na segunda-feira (12). O idoso, de 60 anos, foi levado ao Hospital Municipal após o acidente.

Uma mulher, de 28 anos, a filha dela, de um ano e oito meses, e o avô da criança, de 51 anos, estavam na casa e morreram no acidente, de acordo com o Corpo de Bombeiros. O sepultamento das vítimas acontece nesta terça-feira (13).

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

A Polícia Civil informou que aguarda o resultado de laudos da perícia, que irão identificar as causas do acidente. Após o resultado, o motorista será convocado para prestar depoimento, de acordo com a polícia.

O idoso passou por um teste de bafômetro, que indicou que ele não estava embriagado, conforme a Polícia Militar (PM). Segundo o Corpo de Bombeiros, o motorista estava em estado de choque quando foi socorrido.

 

ACIDENTE

Maricélia Carneiro Aleluia morava com as três filhas na casa que foi atingida pelo caminhão, no bairro Uvaranas. No momento do acidente, duas filhas estavam na escola.

O irmão de Maricélia, Dilcinei dos Santos, disse em entrevista que o pai deles trabalhava em uma oficina ao lado da casa e correu para tentar salvar a filha e a neta.

“Ele viu o caminhão descendo desgovernado e correu avisar minha irmã e minha sobrinha. Só que não deu tempo. Acho que ele só abraçou as duas e esperam o pior”, disse.

A vizinha das vítimas contou que havia acabado de fazer uma visita à Maricélia. Logo que chegou em casa, ouviu o barulho do caminhão.

“Eu saí na porta e vi o caminhão levando tudo. Um barulho muito grande. A gente ligou para o Samu e foi ver como o motorista estava. Tentaram linchar ele, mas apaziguamos a briga”, disse.

 

Com RPC TV

TOPO