Copagril – Sou agro com orgulho
Policial Lesão corporal

Desentendimento entre ex-companheiros termina em violência em frente à Prefeitura de Pato Bragado

(Foto: Divulgação)

Ontem (07), a Polícia Militar (PM) de Pato Bragado foi acionada para atender um caso de lesão corporal e violência doméstica. A partir de informações de populares, os policiais foram noticiados de que um rapaz teria dado um soco em uma mulher e derrubado ela na rua.

Após o recebimento da denúncia, dois veículos foram até a PM bragadense. Um homem foi o primeiro a comparecer ao local e relatou que estava com a filha, de sete anos, em Marechal Cândido Rondon e precisava de uma foto do CPF dela. Segundo ele, quando contatou sua ex-amásia, esta alegou que somente forneceria os números e não a foto.

Casa do Eletricista – Torneira Zagonel

De acordo com o relato do homem, ele, a ex-mulher e o pai dela se encontraram em frente ao Paço Municipal. Neste momento, contou ele aos policiais, a mulher começou a xingar o homem e sua mãe, que não estava presente, e foi pra cima do mesmo. O home afirma que somente se protegeu da mulher, empurrando-a. Além disso, o homem relatou que o pai da ex tentou agredi-lo, sendo que ele teria se esquivado e tentado revidar, mas errou. O solicitante contou à equipe policial que o outro homem um revólver 32 e uma espingarda, ambos sem registro, em sua residência.

Em conversa com a ex-amásia e seu pai, eles contaram à PM que o homem teria a ofendido com palavras de baixo calão no WhatsApp e foi bloqueado. Posteriormente, conta ela, o ex-marido solicitou o documento e ela se negou a entregar.

A mulher relata que quando eles se encontrarem em frente a prefeitura o homem desceu do veículo e já começou a xingá-la, com os dizeres: “sua mãe sentou no meu colo e me deu vários beijos”. A ex-amásia afirma que, diante da ofensa, foi para cima do homem, foi empurrada por ele e caiu no chão, tendo escoriações no cotovelo esquerdo e machucado o pulso direito. Ela negou atendimento médico.

Os envolvidos e os agentes de segurança se deslocaram à 47ª Delegacia de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon para os procedimentos cabíveis.

 

O Presente com PM

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Mercadão do Óculos – antes inauguração
TOPO