Pref. Pato Bragado COVID
Pref. Marechal NATAL 2020
Policial

Falta de estrutura acaba com Informante Cidadão

Lan ccedil;ado h aacute; menos de um ano com objetivo de combater o tr aacute;fico de drogas em Cascavel, o Programa Informante Cidad atilde;o, que foi at eacute; copiado pela vizinha cidade de Toledo, chegou ao fim. O fato foi comunicado oficialmente pela Pol iacute;cia Federal (PF) ao Conselho Municipal Antidrogas (Comad) nesta semana. O programa oferecia recompensas de R$ 200 a quem denunciasse casos de tr aacute;fico. O delegado da PF Algacir Mikalovski justificou que o fato de o grupo For ccedil;a Samurai da Pol iacute;cia Militar n atilde;o ter permanecido na regi atilde;o como o principal motivo para o fim do conv ecirc;nio. ldquo;Em face das in uacute;meras restri ccedil; otilde;es em termos de recursos humanos, log iacute;sticos e materiais, eacute; absolutamente invi aacute;vel a manuten ccedil; atilde;o da estrutura montada em prol do Programa Informante Cidad atilde;o sem que haja o constante trabalho em conjunto com a For ccedil;a Samurai, conforme ajustado na montagem do projeto rdquo;.
Agrave; For ccedil;a Samurai cabia apurar as den uacute;ncias feitas agrave; Pol iacute;cia Federal e efetuar os flagrantes.
O presidente do Comad, Eug ecirc;nio Rozzeti Filho, disse que a medida da Pol iacute;cia Federal de encerrar o Informante Cidad atilde;o o pegou de surpresa. ldquo;Est aacute;vamos renovando o conv ecirc;nio e ent atilde;o veio esse comunicado. Tentamos negociar, mas n atilde;o houve acordo. N atilde;o temos o que fazer, pois, se a PF se retira do programa, ele acaba, no entanto, acredito que as den uacute;ncias da popula ccedil; atilde;o v atilde;o continuar acontecendo ao telefone 181, mas agora elas n atilde;o ser atilde;o recompensadas rdquo;, observou.
Quanto aos recursos que eram destinados ao programa, Eug ecirc;nio explicou que eles somente sa iacute;am dos cofres p uacute;blicos quando havia recompensas a serem pagas. ldquo;O munic iacute;pio deve remanejar esses valores para outra aacute;rea. Ano passado R$ 30 mil foram reservados para o programa, mas apenas 13 den uacute;ncias foram pagas, neste ano o montante aumentaria para
R$ 50 mil rdquo;, afirmou.
Em 2010, o programa pagou somente cinco den uacute;ncias.

Falta de verbas

O presidente do Conselho Comunit aacute;rio de Seguran ccedil;a (Conseg), Francisco Justo J uacute;nior, disse que, conforme as informa ccedil; otilde;es que recebeu, os policiais da For ccedil;a Samurai n atilde;o est atilde;o sendo mantidos na regi atilde;o de Cascavel por falta de verbas. ldquo;Acredito que isso seja tempor aacute;rio. Agora, se a PF realmente sair do programa, a iacute; ele acaba rdquo;, comentou. Uma sala na antiga depend ecirc;ncia da Companhia Habitacional de Cascavel (Cohavel) foi cedida agrave; For ccedil;a Samurai, mas ela n atilde;o teria sido usada, pois, segundo o presidente do Conseg, deveria ter sido reformada pelo munic iacute;pio e isso n atilde;o aconteceu.

TOPO