Policial

Homem é assassinado e corpo desaparece em Arroio Guaçu; suposto carro utilizado no crime é encontrado incendiado

Ponto da Notícia

A Polícia Militar de Mercedes foi acionada na manhã de sábado (25), por volta das 11 horas, para atender uma ocorrência de assassinato na Vila Arroio Guaçu, interior do município.

Casa do Eletricista – RETOMA

Ao chegar no local indicado, a Polícia foi informada por uma mulher que ela e seu acompanhante chegaram ao Arroio Guaçu em um veículoo Astra, quando se aproximou deles um motociclista armado com uma espingarda. O motociclista efetuou dois disparos em direção ao companheiro da mulher, sendo um de frente e outro nas costas do homem, que caiu no chão.

Após efetuar os disparos contra o homem, o motociclista apontou a arma em direção à mulher e ordenou que a mesma saísse do local. Logo após, ainda segundo relatos da mulher à PM, um outro veículo encostou no local e carregou o corpo do homem, fugindo logo em seguida.

No local, a PM encontrou sangue e duas cápsulas deflagradas, além de marcas de pneu no meio fio do carro que carregou o corpo.

Agora o corpo do homem encontra-se desaparecido. Ele tinha 49 anos e havia saído a um mês da cadeia de Guaíra e possuía dívidas com agiotas, segundo sua acompanhante.

O paradeiro do atirador e do motorista do carro também ainda são desconhecidos.

Momentos após o crime, a Polícia recebeu outra informação de que um carro estava pegando fogo na localidade de Sanga Alegre, cerca de 2 km de Arroio Guaçu.

Ao chegar no local, foi encontrado em meio a uma mata, um veículo Fiat/Strada Adventure totalmente destruído pelas chamas. O carro possuía placas falsas AYD-8583 de Curitiba, e em seu interior havia somente o banco do motorista. O fogo também queimou parte da mata existente no local.

Para a Polícia, o Fiat/Strada pode ser o carro utilizado para retirar o corpo do local do crime no Arroio Guaçu.

O carro foi recolhido pela PM após o rescaldo da área.

TOPO