Copagril – Sou agro com orgulho
Policial Homicídio

Justiça decide soltar um dos suspeitos da morte do jogador Daniel

O Ministério Público (MPPR) deve oferecer denúncia sobre o caso até o fim da semana (Foto: Reprodução)

A Justiça revogou a prisão de um dos sete suspeitos de envolvimento no caso da morte do jogador Daniel Freitas, e ele deixou a prisão na tarde de segunda-feira (26), em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ele estava preso desde o dia 15 de novembro e foi indiciado por lesão corporal grave.

Os outros seis suspeitos, entre eles o assassino confesso Edison Brittes, a mulher dele, Cristiana, e a filha, Alana, continuam presos. De acordo com informações do inquérito polícia, o jovem é suspeito de ter quebrado o celular do jogador, arrombado a porta do quarto de Cristiana e de agredir o jogador.

Casa do Eletricista – BOBCAT

Daniel foi encontrado morto, com o órgão sexual decepado, no dia 27 de outubro, perto de uma estrada rural na Colônia Mergulhão, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu depois da festa de aniversário de Allana Brittes, filha de Cristiana e Edison Brittes.

O Ministério Público (MPPR) deve oferecer denúncia sobre o caso até o fim da semana. Segundo informações do promotor, João Nilton Salles, em entrevista ao programa “Fantástico”, exibida no domingo (25), Cristiana Brittes será denunciada por homicídio junto de Edison Brittes Júnior e outros três suspeitos pela morte do jogador Daniel Correa Freitas.

 

Com Bem Paraná

TOPO