Ecoville – Maior rede de limpeza
Policial

Morte de família em acidente gera comoção no interior do PR

Sérgio Ferreira
Quatro familiares de Bom Sucesso estavam no mesmo carro e morreram no acidente

A morte de quatro pessoas da mesma família em um acidente na rodovia PR-444, entre Mandaguari e Arapongas, no norte do Paraná, na noite de domingo (18), causou comoção em Bom Sucesso. A administração municipal decretou luto oficial até hoje (20). Ao meio-dia de ontem (19), todos os comércios, escolas e postos de saúde fecharam as portas.

Uma das vítimas, Lígia Pansonato de Campos, de 45 anos, era professora do Colégio Estadual João Paulo I, o maior da cidade, conforme os moradores. “O clima está bem tenso na cidade. A Lígia era muito expressiva, comunicativa. Era professora de geografia no maior colégio da cidade. Os alunos estão inconsoláveis pelas ruas da cidade”, diz a técnica em vigilância sanitária Marileide Gonçalves Mendonça.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

Marileide dá aulas de teatro em um projeto municipal e conta que estava acompanhada de cerca de 20 crianças, também alunas de Lígia na escola, quando recebeu a notícia das mortes. “Estávamos criando o figurino para um peça, quando uma criança chegou dizendo que a Lígia tinha morrido. Eu não acreditei. Na hora, procurei na internet e vi que era verdade. Todas as crianças caíram no choro e se abraçaram. Eu não sabia o que dizer”, relembra.

De acordo com a enfermeira do hospital municipal Ana Cristina da Silva, o marido da professora, Luciano Campos, era aposentado e tinha graves problemas renais – por isso, sempre o via nas enfermarias. “Era uma pessoa que cuidava da saúde, apesar de ter problemas renais sérios. Sempre víamos ele por aqui. Estamos acompanhando as filhas [duas, com idade próxima a 20 anos, conforme a enfermeira] do casal. Não há o que dizer para elas”, relata.

Rosina Pansonato, 84, e Antônia Pansonato, 61, mãe e tia de Lígia, respectivamente, também morreram no acidente. Segundo a assessoria de imprensa da administração municipal, as quatro vítimas eram filhas e netas de pioneiros de Bom Sucesso. Os corpos delas serão velados no Salão Paroquial da Igreja Matriz, na Praça Padre Ângelo Casagrande – o horário, porém, ainda não foi definido. O enterro deve ocorrer na manhã de terça-feira, no Cemitério Municipal de Bom Sucesso.

TOPO