Fale com a gente

Policial Ponte da Amizade

Mulher ‘usa’ crianças com deficiência para despistar abordagem, mas é flagrada com mais de mil cigarros eletrônicos e acaba presa

À polícia, ela disse que levaria crianças ao médico. Além dos conhecidos ‘pods’, polícia encontrou 28 celulares com a mulher todos de origem ilícita

Publicado

em

(Foto: PF/Receita Federal)

Um mulher paraguaia tentou ‘usar’ uma criança cadeirante e outra com espectro autista para tentar despistar uma abordagem policial na aduana da Ponte da Amizade, mas acabou presa em Foz do Iguaçu, com mais de mil cigarros eletrônicos.

O caso foi registrado na quinta-feira (30). Segundo a Polícia Federal (PF), ao ser abordada, a mulher afirmou que estava indo levar as crianças ao médico.

Desconfiados da versão dada pela mulher, os policiais realizaram uma vistoria no carro que ela conduzia, momento em que foram encontrados os conhecidos ‘pods’, além de 28 celulares e 20 cartões de memória, todos de origem paraguaia.

A mulher foi levada a Delegacia de Polícia Federal de Foz do Iguaçu.

A polícia não informou se ela era mãe das crianças.

Com G1

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente