Pref. Pato Bragado Natal em Canto 2019
Policial

Número de prisões aumenta 45% em 2013

Nos cinco primeiros meses de 2013, cerca de 1,2 mil pessoas foram presas pela Polícia Militar (PM) nos 21 municípios de abrangência do 19º Batalhão em Toledo. O número é bem mais alto do que o registrado pela corporação no mesmo período do ano anterior, que foi de 839 prisões. O aumento de quase 45% no índice revela uma polícia mais atuante, porém mostra explicitamente o aumento da ocorrência de irregularidades.

A média é de oito prisões de maiores de 18 anos a cada dia. Os motivos variam de brigas, pequenos furtos, direção perigosa a homicídios. “Isso demonstra que a Polícia Militar tem atuado cada vez mais no combate aos crimes. Temos nos preocupado em coibir ações, repreender, mas também ter uma resposta rápida quando as ocorrências acontecem”, destaca o policial Eduardo Barazetti.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Ele explica que o número é reflexo imediato de um maior índice de irregularidades cometidas. “Esse número é maior porque a demanda foi maior. Se ocorreram mais prisões é porque ocorreram mais delitos. Neste ano (cinco primeiros meses) registramos um número maior de irregularidades”, explica.

“Em um segundo plano, podemos destacar uma maior eficiência da atuação da Polícia Militar, principalmente em casos que envolvem roubo, furto ou tráfico de drogas. Nesses casos, na maioria das vezes, os suspeitos são identificados e presos”, emenda.

Barazetti explica que a denúncia é a grande aliada da Polícia Militar. “A comunidade tem um papel crucial para que os policiais façam as prisões. Temos recebido várias denúncias que partem da comunidade e obtivemos êxito em inúmeras. Cada uma delas é checada com o pessoal da inteligência para que possamos saber sobre sua veracidade. Se for verídica, agimos”, comenta.

Para denunciar, basta ligar para o telefone 181. Não é preciso se identificar.

TOPO