Copagril
Policial

Polícia Ambiental apreende mais de 45 toneladas de carvão

Divulgação
Operação da Polícia Militar Ambiental apreendeu cerca de 45 toneladas de carvão vegetal irregular

Duas toneladas e meia de carvão sem licença ambiental foram apreendidas em uma carvoaria de Florestópolis, pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Londrina na terça-feira (30). De acordo com a PMA a madeira era utilizada para a produção do carvão e não tinha licença ambiental. O proprietário da carvoaria foi multado e vai responder por crime ambiental. Os 256 sacos do produto serão doados para o Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar).

A apreensão fez parte da operação estadual “Gralha Azul”, que fiscalizou 50 carvoarias no Paraná. Durante fiscalização, os policiais apreenderam cerca de 45 toneladas de carvão vegetal que eram produzidos sem licença ambiental. Além disso, a madeira utilizada para a produção do carvãonão possuía nota fiscal de compra.

Casa do Eletricista SORTEIO DE VERÃO

Segundo a PMA, foram encontradas grandes quantidades de carvão vegetal irregular nos municípios de Guarapuava, Rio Branco do Sul, Colombo e Campo Largo, ambas na Região Metropolitana de Curitiba. Nessas quatro cidades as apreensões passam de 43 toneladas. Outros quatro proprietários também foram multados. Em 2013, a PMA já apreendeu 74 toneladas de carvão irregular no estado.

As equipes policiais combateram ainda crimes como o de poluição, caça e pesca ilegal e desmatamento, além de ilícitos de natureza não ambiental. Durante a ação, uma cobra sucuri de aproximadamente 2,5 metros foi capturada em Guaíra. Em Toledo, foram apreendidas quatro armas. Já em Foz do Iguaçu, 30 pizzarias foram fiscalizadas. A vistoria tinha como objetivo verificar se os estabelecimentos utilizam palmito Jussara, espécie que tem a extração proibida. Nada de irregular foi encontrado.

TOPO