Copagril – Sou agro com orgulho
Policial Violência

Rondonense acusado de agredir companheira é transferido a Toledo após ser esfaqueado

(Foto: Arquivo/OP)

A equipe da Polícia Militar (PM) de Marechal Cândido Rondon se dirigiu, às 20h22 de sexta-feira (30), até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O médico relatou que a vítima apresentava um ferimento causado por arma branca, bem como o rapaz que teria trazido o homem até a unidade estava na esquina esperando os policiais.

A testemunha confirmou aos policiais ter levado a vítima até UPA, em seguida informou o nome da pessoa ferida e disse ser funcionário na construção de um aviário na sua propriedade situada em Vila Curvado. Relatou ainda que o acusado do esfaqueamento seria o enteado da vítima.

Casa do Eletricista – Tubos e Conexões

O homem disse que que todos moram na mesma residência em um alojamento para funcionários que trabalham na construção de aviário em Curvado. A vítima do esfaqueamento é namorado da mãe do suspeito. Aos policiais foi dito que a vítima teria agredido a companheira, sendo que após o filho ver sua mãe ser empurrada teria desferido um golpe de arma branca na vítima para defender sua mãe. Em seguida a testemunha pegou o esfaqueado, colocou em seu veículo e levou-o até a UPA. A testemunha relatou que o acusado e sua mãe estavam na residência.

Outra viatura da PM se deslocou a Curvado, onde a testemunha já estava no local e o irmão do suspeito do esfaqueamento se apresentou e confirmou que seu irmão teria desferido um golpe de arma branca na vítima, porém agiu em legítima defesa própria e de sua mãe. Os policiais foram até a casa e encontraram o suspeito, que possui paralisia infantil. O acusado relatou que ele e seu padrasto estiveram em um bar, quando houve uma discussão. A vítima chamou o enteado para fora e disse que iria se separar da mãe dele, porém não iria fazer nada para ela.

Após todos irem para casa, a mãe do acusado teria saído para um matagal quando o homem atingido pela facada questionou porque ela fugia e a chamou para conversar. O local era escuro, e o acusado e seu irmão ficaram atentos devido a gritos dados pelo trabalhador. O jovem pegou a arma branca, saiu da casa e visualizou a vítima puxando sua mãe pelo braço, querendo forçá-la a entrar para em casa. Após os irmãos falarem para o casal conversar em casa, o homem teria dito que o relacionamento com a mulher havia acabado. Em seguida o homem teria empurrado a mulher, momento em que o enteado acertou uma facada no homem. A mulher aparentemente não sabia da facada e disse ao filho que não havia necessidade disso. A mulher e seu filho foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil. Por sua vez, a vítima da facada foi transferida da UPA a um hospital em Toledo.

 

O Presente com PM

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO