Fale com a gente

Policial Violência doméstica

Rondonense é acusado de agredir esposa e dar tiro para o alto durante discussão; vizinhos chamaram a polícia

Publicado

em

Na noite de ontem (26), por volta das 19h30, a Polícia Militar (PM) de Marechal Rondon recebeu denúncias de que um “indivíduo estaria espancando a esposa”. As informações foram repassadas por ligações de vizinhos do casal, na Rua das Tulipas.

Os policiais foram até a residência indicada e contatou os envolvidos. De acordo com o relatório da PM, a mulher estava chorando, apresentava um inchaço na testa e caminhava mancando, sendo que seu pé direito estava bastante inchado. A vítima relatou à polícia que teve uma discussão com seu marido por questões relacionadas aos seus filhos quando, em determinado momento, ele teria se exaltado, partindo para a agressão.

Conforme os relatos, a mulher teria sido agredida com tapas, socos e chutes. Além disso, o homem teria pego um revólver e teria dado um tiro para o alto dentro de casa. Apesar do relatos, a vítima disse não ter interesse em representar contra o marido, acusado das agressões, pois ela temia represálias.

Diante dos fatos e das lesões aparentes na vítima, a equipe policial deu voz de prisão ao homem, que foi colaborativo e não precisou ser algemado. Durante buscas realizadas na residência, os policiais localizaram um revólver da marca Jak, calibre 32, que estava em cima de um varal de roupas. Com capacidade de seis munições, a arma estava municiada com cinco munições intactas e uma deflagrada, todas da marca CBC.

Na sequência, o acusado pela violência, o revólver e as munições foram encaminhadas à 47ª Delegacia de Polícia Civil para as medidas cabíveis. Foi oferecido apoio da ambulância à vítima, que apresentava lesões, mas esta recusou e procurou atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) por meios próprios.

 

O Presente com PM

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Facebook