Política Eleições 2020

Adriano Cottica é cotado para compor a majoritária do grupo de oposição

Foto: Cristiano Viteck

O vereador Adriano Cottica (PP) tem deixado claro, inclusive em entrevista ao O Presente, que não pretende disputar mais eleição. Seu objetivo é encerrar o mandato e se dedicar a atividades profissionais ligadas ao agronegócio e que podem exigir que fique fora de Marechal Cândido Rondon por certos períodos.

No entanto, o nome do parlamentar tem sido um dos ventilados para compor a majoritária do grupo de oposição. Dentro do trabalho que o MDB tem articulado, o pepista seria o pré-candidato a vice-prefeito ao lado do pré-candidato a prefeito, vereador Josoé Pedralli (MDB).

Casa do Eletricista – RETOMA

Outro nome que vem sendo cotado é do vereador Arion Nasihgil (PP), embora a tendência seja ele disputar a reeleição.

Nos próximos dias o PP deve se reunir para tratar sobre o assunto, enquanto o MDB aguarda uma posição dos Progressistas. Vale lembrar que outro partido que pode fazer indicação para a majoritária é o PSD, do vereador Ronaldo Pohl.

 

Decisão local

Um dos líderes do PP no Oeste do Paraná, o deputado federal José Carlos Schiavinato avalia que quando o assunto é eleição municipal, a linha de discussão política deve ser mantida sob responsabilidade do Progressistas, no caso de Marechal Cândido Rondon, e sem interferências. A afirmação foi feita em entrevista ao O Presente.

“Qual a posição hoje, se temos pré-candidato a prefeito, como vai ser a participação progressista em Rondon, isso tudo é uma decisão que será tomada pelos companheiros aí do município. Estaremos juntos, ajudando nesta decisão, para que tenhamos a melhor composição possível para auxiliar a governabilidade local”, declarou, acrescentando: “Vamos dar muita atenção à questão político-partidária na eleição e nos faremos presentes para ajudar na decisão dos nossos companheiros rondonenses”, finaliza.

 

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO