Pref. Pato Bragado – Dengue 2019
Política ALEP

Bancadas do PSD e PSC pedem anulação do contrato de pedágio da Econorte

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (27), as bancadas do PSD e PSC apresentaram juntas, na Assembleia Legislativa do Paraná (Aelp), três requerimentos relacionados às investigações da 48º fase da Operação Lava Jato, que tem foco nas concessões de pedágio do Paraná.

O primeiro requerimento é para o Governo do Estado, pedindo a extinção do contrato com a Econorte, e nulidade dos aumentos sucessivos na tarifa.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Para o Tribunal de Contas, foi encaminhado pedido de auditoria nos contratos e aditivos, e atualização das planilhas de obras e preços de tarifas da Econorte.

Finalmente, para a Agência Reguladora do Paraná que fiscaliza as concessões públicas no Estado, foi solicitado análise técnica das planilhas de obras e de evolução de preço das tarifas.

Ratinho Junior, presidente do PSD, destacou que a 48º fase da Lava Jato da Polícia Federal, expôs uma série de irregularidades na forma de gestão do Contrato da Econorte.

“São questionamentos que já vem sendo feitos há muito tempo, mas agora com a ação da Polícia Federal e o processo na Justiça, essas demandas ganham o respaldo que a população precisava. Vamos agir com seriedade e precisão técnica e legal nessa discussão”, argumentou Ratinho Junior.

Com informações Assessoria

TOPO