Política Formulação de proposta

Marechal Rondon pode pleitear Escola Cívico-Militar

Presidente da Câmara de Vereadores de Marechal Rondon, Claudio Köhler (Claudinho): “Até pelo fato de sermos um município de fronteira temos grandes chances de sermos contemplados com este programa” (Foto: Reprodução)

O governo federal está selecionando municípios que desejam aderir ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares. A informação foi repassada na última semana pelo gabinete do deputado federal José Carlos Schiavinato (PP) ao presidente da Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon, Claudio Köhler (PP). A proposta é implantar 216 escolas em todo país, até 2023, sendo 54 unidades por ano.

Diante disso, Claudinho enviou na segunda-feira (27) um ofício ao prefeito Marcio Rauber para pedir que o município formule proposta de implantação da escola, encaminhando-a ao deputado. “Para aderir ao programa é necessário que o município manifeste interesse, inclusive informando qual unidade escolar já instalada poderia ser utilizada, desde que a mesma ofereça as etapas Ensino Fundamental II e/ou Médio e, preferencialmente, atenda de 500 a mil alunos nos dois turnos”, detalhou, destacando o desejo que “este sonho de ter uma Escola Cívico-Militar se torne realidade já no próximo ano”. “Até pelo fato de sermos um município de fronteira temos grandes chances de sermos contemplados com este programa”, avalia o presidente do Legislativo rondonense.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

 

O Presente

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

 

 

TOPO