Copagril – Sou agro com orgulho
Política Educação

Rubens vota contra projeto que retira R$ 1,4 bi do MEC e atinge instituições públicas de ensino

(Foto: Divulgação)

Defensor das instituições públicas e de um ensino de qualidade no país, o deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) votou contra, nesta quarta-feira, durante sessão do Congresso Nacional, ao projeto (PLN 30/2020) do governo federal que retira R$ 1,4 bilhão do Ministério da Educação (MEC) para redirecionar para outras ações e obras tocadas pelo Planalto, em especial a transposição do Rio São Francisco.

No total, o projeto, que foi aprovado pela Câmara, realoca R$ 6,1 bilhões do Orçamento Federal para ministérios como da Agricultura, Infraestrutura, Desenvolvimento Regional e Cidadania.

Casa do Eletricista – Temporizador Jardim

Na avaliação de Rubens Bueno, é lamentável que a Educação seja sempre o primeiro alvo da tesoura do governo. “Há reiteradas ações do governo federal para enfraquecer o funcionamento das instituições públicas de ensino. Agem não só com discursos ideológicos, mas também com o corte no orçamento de instituições que já sofrem para manter seus serviços. Nós, que defendemos uma educação pública de qualidade, não podemos concordar com isso”, critica o deputado.

Na Paraná, os institutos tecnológicos e as universidades já lutam para garantir a mínima qualidade de seus serviços e os cortes são um duro golpe naqueles que dedicam sua vida para a formação de toda uma nova geração de estudantes.

“Existem várias outras fontes de recursos para suplementar o caixa do governo e garantir o andamento de obras, que admito, são importantes. O corte de privilégios na administração pública, por exemplo, é umas dessas alternativas. Só com o projeto que barra os supersalários daria para economizar mais de R$ 4 bilhões por ano. Mas o governo não quer enfrentar isso. Prefere tirar da Educação”, condenou Rubens Bueno.

O projeto será analisado ainda hoje pelo Senado na continuidade da sessão virtual do Congresso Nacional.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO