Pref. MCR Novembro Azul.
Política Entrevista

“Será um ano de muito trabalho”, afirma presidente da Câmara de Pato Bragado

Eleito para dirigir os trabalhos do Legislativo de Pato Bragado neste ano, vereador Adilson Manhabosco (Balaio) acredita que 2018 será um ano próspero e de muito esforço para os edis

Ontem (19), foi iniciado o calendário anual de trabalho do Poder Legislativo de Pato Bragado, com a primeira sessão ordinária de 2018.

Para comandar os trabalhos da mesa diretiva deste ano está à frente da presidência da Câmara Adilson Manhabosco (Balaio) (PMDB), eleito em dezembro do ano passado. Apesar desta ser a segunda legislatura de Manhabosco como vereador no município bragadense, é a primeira vez que ele ocupa a principal cadeira do Legislativo municipal. “A expectativa para continuar exercendo o cargo não só de vereador, mas também agora de presidente da Câmara, é muito boa. Já venho acompanhando nos últimos cinco anos a forma como os demais presidentes levavam os trabalhos, então acredito que será um ano muito próspero e de muito esforço. Temos um grupo bom, bons assessores, assim como os demais colaboradores da Câmara”, declara.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Apesar de esta ter sido a primeira reunião plenária seguindo o Regimento Interno e o presidente afirmar que ainda não há expectativa de votação de nenhum projeto de grande relevância para esses primeiros meses, os trabalhos já iniciaram com seis indicações por parte dos edis. “Isso mostra que os vereadores estão trabalhando em prol das necessidades da comunidade, fazendo diversas solicitações e requerimentos, assim como os projetos do Executivo que também estão em um número bom”, salienta.

Manhabosco acredita que, neste ano, o Legislativo bragadense terá um número significativo de solicitações e projetos a serem trabalhados, especialmente por ser um ano eleitoral. “Hoje (ontem, 19) montamos as comissões para, a partir da próxima semana, darmos andamento aos trabalhos com mais intensidade”, enfatiza.

Considerando que o ano de 2017 fechou com bom superávit na administração municipal, o presidente da Câmara também ressalta que as expectativas estão pautadas no andamento e viabilidade dos projetos e principalmente na disponibilidade de recursos. “Temos que atender aos principais projetos que vão ao encontro dos anseios de toda a comunidade. Nem sempre todas as indicações são possíveis de serem concluídas por conta dessas questões”, destaca.

 

Confira a entrevista completa na edição impressa do Jornal O Presente desta terça-feira (20).

TOPO