Ford Ka 2020
Política Desvio milionário

TJ nega recurso de Rossoni contra acusação de improbidade administrativa na Quadro Negro; ex-deputado responde a 11 ações judiciais

(Foto: Divulgação)

O Tribunal de Justiça do Paraná negou, na terça-feira (12), um recurso da defesa do ex-deputado Valdir Rossoni, em uma ação da Operação Quadro Negro, que apura um desvio milionário de obras de construção e reforma de escolas públicas do estado.

No recurso, a defesa de Rossoni alegou que não há provas que indiquem crime de improbidade administrativa – que é o mau uso do dinheiro público. O ex-deputado responde à 11 ações judiciais.

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

 

QUADRO NEGRO

O recurso da defesa de Rossoni na Quadro Negro foi negado por unanimidade pelos desembargadores da 5ª Câmara Civil.

No processo, o ex-parlamentar é acusado de receber propina para favorecer a construtora Valor em licitações no município de Biturna, reduto eleitoral dele.

Em uma outra ação da Quadro Negro, Rossoni também é acusado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) de participação em um esquema de pagamento de aditivos – que aumentaram ainda mais os valores pagos por obras que não foram feitas.

A Justiça determinou bloqueio de bens do ex-deputado no valor de R$ 4 milhões.

 

Com G1

TOPO